Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Sociais Aplicadas > Pedagogia

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Publicidade

Trabalho em Destaque

Título: Expressionismos: Visão da Realidade: O poder expressionista da fotografia estética e em movimento

TIDIR – Expressionismos: Visões da Realidade: O poder expressionista da fotografia estática e em movimento Belo Horizonte 2009 Proposta Partiremos de duas proposições, sendo a primeira a de que, desde o início do cinema, a intensidade de imagens que diferenciam…

Publicidade

Números mesopotâmicos: cuneiforme, matemática, asna, cravo

Trabalho enviado por: Rachel Cretton

Data: 30/06/2008

Matemática: Números mesopotâmicos

UNESA
2008

 

 

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO
CONTEXTO HISTÓRICO:
CONTEXTO MATEMÁTICO
AS APLICAÇÕES DA MATEMÁTICA E DA GEOMETRIA MESOPOTÂMICA
O APARECIMENTO DE √2
PARTIDAS DOBRADAS E CONHECIMENTO MATEMÁTICO
CONCLUSÃO
REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

INTRODUÇÃO

A Matemática como a concebemos nos dias atuais foi fruto de uma demorada e grande evolução, desde a época primitiva, passando por todas as grandes civilizações do passado até chegar à complexidade do mundo mercantilista e globalizado que conhecemos. O trabalho tem como objetivo evidenciar que a matemática desenvolvida pelos povos da Mesopotâmia entre os anos de 2800 a 1880 a.C. serve como base lógica e consistentes às necessidades de todas as culturas posteriores, demonstrando, assim, sua grande importância histórica.

Contexto Histórico:

Por volta de 3 500 a.C., vindos provavelmente da Ásia Central, os sumérios fixaram-se na Baixa Mesopotâmia - junto aos rios Tigre e Eufrates - fundindo-se étnica e culturalmente com a população local. As civilizações antigas da Mesopotâmia são comumente chamadas de babilônicas, apesar de que a cidade de Babilônia não foi o centro de cultura do vale Mesopotâmico.

A região sofreu diversas invasões de outros povos, mas que ao invés de interferirem negativamente em sua cultura, ao contrário aprenderam e adotaram muitos conhecimentos dos mesopotâmicos.

Indiscutivelmente, a principal contribuição que os mesopotâmicos realizaram para o desenvolvimento do conhecimento foi à invenção de um tipo de escrita, a qual era feita por estiletes em uma placa de argila mole que depois secavam ao sol. Tais letras tinham a forma de cunha e, por isso, foram chamadas de cuneiforme. Esta escrita talvez tenha surgido até mesmo antes da hieroglífica dos egípcios. O fato é que as cerâmicas, tabuletas, com escrita cuneiforme fornecem muito mais informação dos que os papiros egípcios devido a sua conservação.

O surgimento da escrita justificou-se pelo crescimento das economias centralizadas, quando os funcionários dos palácios e templos sentiram a necessidade de manter o controle das...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




Publicidade