Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Outras > Diversos

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Publicidade

Trabalho em Destaque

Título: Tubos e conexões

Tubos e conexões Unoesc 2009 Sumário Introdução 1 Tubulações 2.1 Tubos de PVC 2.2 Tubos de Aço Carbono 2.4 Tubos de Cobre 2.5 Tudo de Polietileno (PE) 2.6 Tubos e Conexões de Ferro Fundido 2.7 Tubos de Concreto. 2.8 Tubos…

Publicidade

Polímeros Sintéticos

Trabalho enviado por: Alberto Luiz Vieira

Data: 22/04/2003

Polímeros Sintéticos


INTRODUÇÃO

Alguns tipos de pequenas moléculas orgânicas podem se ligar várias vezes, originando moléculas orgânicas gigantes ou macromoléculas. Cada uma dessas unidades (moléculas) que se ligam são chamadas monômeros e a molécula gigante que eles originam são os polímeros.

No trabalho a seguir, iremos mostrar alguns tipos de polímeros sintéticos, e falaremos um pouco sobre eles.


POLÍMEROS

Polímeros são moléculas muito grandes (comumente chamadas de macromoléculas) formadas pela repetição de grupos de átomos. O número típico de repetições é  algo entre 10 e 104 . Todas as fibras sintéticas, plásticas e tintas são formadas por polímeros, de modo que exite um enorme interesse econômico em estudar esse tipo de material. Além disso, a forma de macarrão dessas moléculas as torna muito interessantes de estudar, independentemente dos interesses econômicos. Talvez por isso a física de polímeros atraia cada dia mais pesquisadores. 

Os modelos que procuram descrever cada molécula, em geral são baseados no que chamamos caminho ou passeio aleatório. Esse caminho se dá da seguinte maneira: imagine que você possa andar no espaço tridimensional dando um passo de tamanho L de cada vez, em qualquer direção. A escolha de que direção tomar é feita através de um sorteio (por isso o caminho é aleatório), você não tem como prever para onde será o próximo passo, só pode dizer qual a probabilidade de tomar cada possível direção. Um caminho de N passos é um modelo simples para um polímero com N unidades de tamanho L, por exemplo. Essa idéia do caminho aleatório está por trás de todos os processos de difusão e é muito importante da Mecânica Estatística em geral, não só para o estudo dos polímeros.

Muitas vezes queremos descrever um número muito grande de cadeias polimérica e fica inviável tentar acompanhar cada uma delas. Nesse caso podemos optar por uma descrição mesoscópica bem parecida com a que usamos no estudo dos fluidos e da termodinâmica. Olhamos o sistema de tal forma que, a  cada ponto dele podemos associar uma densidade, ou seja, cada volume infinitesimal engloba um número grande de moléculas, e  por isso faz sentido definir uma densidade dependente da posição. Essa forma de descrição é especialmente importante quando queremos descrever as propriedades de formação de padrões em sistemas de polímeros.

Misturar dois tipos de polímeros (por exemplo poliisopreno e polibutadieno) é algo bem difícil. Eles só formam misturas homogêneas a temperaturas altas, abaixo de uma certa temperatura crítica (em geral da ordem de 100 C) eles passam por um processo de segregação e preferem formas fases ricas em cada uma das espécies, mais ou menos como uma mistura de água e óleo. A dinâmica dessa...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




Publicidade