Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Outras > Colegial

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: Expressionismos: Visão da Realidade: O poder expressionista da fotografia estética e em movimento

TIDIR – Expressionismos: Visões da Realidade: O poder expressionista da fotografia estática e em movimento Belo Horizonte 2009 Proposta Partiremos de duas proposições, sendo a primeira a de que, desde o início do cinema, a intensidade de imagens que diferenciam…


Publicidade



Publicidade

Ritmos Carnavalescos

Trabalho enviado por: Rayan

Data: 20/04/2006

Ritmos Carnavalescos


Frevo

Musicalmente falando, o frevo é genuinamente pernambucano e originou-se no século XIX, a partir da mistura do repertório das bandas militares da época, misturado com ritmos como o maxixe, a modinha, a polca e o tango.

Na década de 30, devido à popularização do ritmo pelas gravações de discos e pela transmissão em programas de rádio, o frevo passou ser dividido em três estilos: o frevo-de-rua, que é puramente instrumental; o frevo-de-bloco, executado por Orquestras de Pau e Corda e com letras, em sua maioria, saudosas, interpretadas, muitas vezes, por coral feminino; e o frevo-canção, que também é cantado, mas possui uma introdução instrumental e trata de temas diversos.

Já a dança tem origem nos antigos desfiles de rua, quando alguns capoeiristas ficavam na frente dos instrumentistas para defendê-los, dançando ao ritmo das músicas. Os movimentos da capoeira, então, geraram alguns passos do frevo como a tesoura, o ferrolho, a pernada e outros.


Caboclinho

O caboclinho é uma manifestação popular de origem indígena bastante tradicional em Pernambuco. A cidade de Goiana, que fica a 65 Km do Recife, é um grande celeiro dessa manifestação. Lá, existem os principais grupos do gênero como o Sete Flexas, o Canindé, o Caetés e o Tabajara.

ritmo tem como base o pífano, o ganzá e a caixa de surdo e os passos da coreografia são marcados pelo som do arco e flecha dos integrantes que se vestem com tanga e cocar de penas.

Ciranda

A ciranda é uma dança típica das praias, mais precisamente daquelas situadas ao norte de Pernambuco. Porém, sua origem não se restringe ao litoral. Verificou-se que seu surgimento ocorreu, simultaneamente, tanto na zona litorânea quanto em certas áreas, mais interioranas, da Zona da Mata Norte. Nos primórdios, o ambiente de apresentação restringia-se aos locais populares como as beiras de praia, os terreiros de bodega, pontas de rua, etc. Seus participantes eram basicamente trabalhadores rurais, pescadores, operários de construção, biscateiros, entre outros. É uma manifestação bastante comunitária, não tendo nenhum preconceito quanto ao sexo, cor, idade,...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town