Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Humanas > Contabilidade

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber

Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber, aplicadas na Empresa Bradesco S/A. São Paulo 2009 Sumário 1Introdução 2Frederick Winslow Taylor4 2.1Princípios de Taylor 3Henry Ford 4Jules Henri Fayol 4.1Princípios Básicos 4.2Funções Administrativas 5Maximillian Carl Emil Weber 5.1Analise da Obra 5.2Princípios…


Publicidade



Publicidade

A Importância e as Vantagens da Contabilidade Informatizada

Trabalho enviado por: Wanderley Mendes

Data: 29/11/2005

A IMPORTÂNCIA E AS VANTAGENS DA CONTABILIDADE INFORMATIZADA


RESUMO

A ciência contábil, enquanto ciência tem como finalidade promover os meios informativos e de controle com a finalidade de obter todos os dados em uma empresa e que tenha, ou possa ter, impactos e causar variação em sua posição patrimonial. A contabilidade é o instrumento de mediação e avaliação do patrimônio e dos resultados obtidos pela empresa. Nos últimos trinta anos ocorreram mudanças significativas na legislação tributária e nos procedimentos contábeis. As melhorias na forma de realizar a contabilidade de uma empresa, utilizando-se da tecnologia da informação trouxeram enormes benefícios para os profissionais contabilistas. Nesse parâmetro, o contador necessita de estar ciente das inovações tecnológicas, agregando não só ao seu dia a dia bem como na vida da empresa, incorporando não os procedimentos básicos, como também em situações que exijam uma analise contábil mais precisa e complexa. Portanto, os procedimentos são necessários para que os resultados da informática aplicada à contabilidade sejam totalmente favoráveis às empresas e aos profissionais que atuam na área, visto que este deve ser o objetivo principal de quem busca melhorar suas condições de trabalho, por meio da tecnologia da informação.

Palavras Chaves: Contabilidade, Informática, tecnologia da informação, contador.

ABSTRACT

The accounting science, while science has as purpose to promote the informative ways and of control with the purpose of obtaining all the data in a company and that he/she has, or he/she can have, impacts and to cause variation in his/her patrimonial position. The accounting is the mediation instrument and evaluation of the patrimony and of the results obtained by the company. In the last thirty years they happened significant changes in the tax legislation and in the accounting procedures. The improvements in the form of accomplishing the accounting of a company, being used of the technology of the information brought enormous benefits for the professional’s accountants. In that parameter, the accountant needs to be aware of the technological innovations, joining not only to yours day by day as well as in the life of the company, not incorporating the basic procedures, as well as in situations that demand one it analyzes accounting more he needs and complex. Therefore, the procedures are necessary so that the results of the applied computer science to the accounting are totally favorable to the companies and the professionals that act in the area, because this should be the main objective of who looks for to improve their work conditions, through the technology of the information.

Key words: Accounting, Computer science, technology of the information, accountant.


A IMPORTANCIA E AS VANTAGENS DA CONTABILIDADE INFORMATIZADA

1. INTRODUÇÃO

As denominadas ciências factuais sociais, até pouco tempo, não eram consideradas como ciências, exatamente pelo caráter de mutabilidade do ambiente social e do próprio homem, que ao se inserir no contexto, o compunha e alterava-o, o que não permitia a descoberta das leis "estáveis", universais e "imutáveis" que deveriam reger os fenômenos sociais. Apesar dessas dificuldades, hoje é geral a aceitação de alguns campos do conhecimento social como ciências. E esta será útil, à medida que possa ser relacionada, efetivamente, ao seu ambiente não apenas explicando-o, mas possibilitando predizer as reações ambientais e de alguma forma mensurando-as. Embora tais finalidades possam ser demonstradas de várias formas, pode-se agrupá-las em duas formas básicas: controle e planejamento.

A Contabilidade enquanto Ciência do controle patrimonial está diretamente associada ao grau de desenvolvimento comercial, social e institucional das sociedades, cidades ou nações. Assim é que a Contabilidade teve seu florescer nas cidades de Veneza, Gênova, Florença, Pisa e outras, onde eram avançadas as atividades mercantis, econômicas e culturais, representando o que de mais moderno tinha a época. Esta mesma Contabilidade acompanhou o poderio do império naval na época das grandes navegações, fortaleceu-se na revolução industrial com o advento da máquina a vapor e mostrou seu amadurecimento na mesma proporção do fortalecimento do capitalismo.

Atualmente, na era da globalização dos mercados, as mudanças se tornam cada vez mais intensas e repentinas. Um futuro incerto e a necessidade de sobrevivência fazem com que as empresas valorizem o planejamento estratégico como instrumento de descoberta das novas oportunidades, bem como das ameaças do ambiente em que estão inseridas.

A demanda por informações para fins gerenciais, contábeis ou não, segue o ritmo das mudanças que estão ocorrendo nas organizações, causadas pela globalização da economia, progressos tecnológicos, desenvolvimento das comunicações, quebra de barreiras ideológicas e relações entre os povos. Essas mudanças no ambiente externo provocam mudanças internas nas empresas e tornam a atividade gerencial mais complexa.

A contabilidade, durante a maior parte do século XX, processou informações obedecendo aos Princípios Contábeis Geralmente Aceitos e determinações de órgãos reguladores, contemplou apenas os registros fiscais e distribuiu os custos conforme o volume de produção ou de venda, desconsiderando as atividades envolvidas nos processo empresariais. Esta é denominada Contabilidade Financeira e, segundo Atkinson et al (2000), o seu direcionamento visa a "elaboração e a comunicação de informações econômicas de uma empresa dirigidas a uma clientela externa". A distribuição dos custos, neste caso, é comumente denominada tradicional.

No entanto, com a evolução tecnológica e o aumento contínuo dos custos indiretos nas empresas, em virtude da complexidade dos processos de produção, a independência da relação entre atividades e volume produzido fica evidente, demonstrando a perda da eficácia do custeio tradicional. Em contrapartida, e ainda segundo Atkinson et al (2000), a contabilidade de gestão "deve fornecer informações para a clientela interna: operadores/funcionários, gerentes intermediários e executivos seniors". As informações geradas pela contabilidade devem orientar as decisões operacionais e de investimentos, bem como permitir o gerenciamento dos custos e a melhoria da performance da empresa.

Para Boisvert (1999), O contexto conceitual da contabilidade de gestão se define com base em algumas questões como:

  • Que atividades são necessárias para obter-se um determinado conjunto de objetos de custo?
  • Que recursos são necessários para exercer essas atividades?
  • Por que recursos são necessários?
  • Que fatores determinam a utilização desses recursos?

Ao responder a estas questões, a contabilidade de gestão, através de dados financeiros e operacionais sobre atividades e objetos de custo, produz informações úteis à melhoria da performance da empresa. Fornecendo o custo das operações e revelando o custo existente e projetado de atividades e processos de negócio, bem como de objetos de custeio, a contabilidade propicia a gestão dos custos e o aperfeiçoamento dos processos empresariais.

1.1. OBJETIVOS

Esse Trabalho tem como objetivo demonstrar a influência da tecnologia da informação em áreas da Contabilidade e como os profissionais contábeis vêm se adaptando a essa evolução buscando melhoria da qualidade de seus serviços e se estão contribuindo para a função real no mundo virtual que é o da melhoria da sociedade, em todos os aspectos.

1.2. JUSTIFICATIVA

Há informática nos dias atuais é de fundamental importância em todos os segmentos da sociedade. Consequentemente, a contabilidade é um segmento que necessita da informatização em seus procedimentos no dia-a-dia, atualmente percebe se um investimento crescente nas organizações, seja ela em software ou hardwares mais precisos e potentes, ligadas à área de contabilidade.

Com o advento do computador, o contador esta mais um analista de contabilidade. Isso se deve ao fato de que os softwares fazem de tudo dentro do departamento contábil, em uma empresa ou em escritórios de contabilidade. Assim o profissional pode dedicar mais tempo a literatura pertinente à área contábil e consequentemente executar um trabalho mais preciso e seguro em um menor intervalo de tempo.

1.3. METODOLOGIA

Conforme a natureza, a pesquisa pode ser definida como básica, pois objetiva produzir novos conhecimentos. Segundo Garcez et al (2002) entendesse por pesquisa básica "o tipo de estudo que tem por objetivo gerar conhecimentos novos, úteis para o avanço da ciência sem aplicação prática prevista". Do ponto de vista da abordagem do problema, a pesquisa classifica-se como qualitativa. Silva e Menezes (2001) citam que a pesquisa qualitativa "considera que tudo pode ser quantificável, o que significa traduzir em números opiniões e informações para classificá-los e analisá-los".

Com relação aos objetivos a pesquisa pode ser classificada como exploratória. Gil (2002) define a pesquisa exploratória como sendo a pesquisa que "têm como objetivo proporcionar maior familiaridade com o problema com vistas a torná-lo mais explicito ou a construir hipóteses". Para Selltiz et al (apud GIL, 2002) na maioria dos casos, a pesquisa exploratória envolve:

(a) levantamento bibliográfico;

(b) entrevistas com pessoas que tiveram experiências práticas com o problema pesquisado; e

(c) análise "de exemplos que estimulem a compreensão".

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town