Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Humanas > Contabilidade

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: Expressionismos: Visão da Realidade: O poder expressionista da fotografia estética e em movimento

TIDIR – Expressionismos: Visões da Realidade: O poder expressionista da fotografia estática e em movimento Belo Horizonte 2009 Proposta Partiremos de duas proposições, sendo a primeira a de que, desde o início do cinema, a intensidade de imagens que diferenciam…


Publicidade



Publicidade

A Contabilidade na Era da Informação

Trabalho enviado por: Sueli Alves de Almeida

Data: 09/08/2010

A contabilidade na era da informação

Resumo

O presente artigo objetiva de forma geral retratar a contabilidade e suas mudanças em função do avanço da tecnologia da informação. Através de uma abordagem qualitativa e exploratória foi desenvolvida uma pesquisa bibliográfica que discute as influências da tecnologia da informação na área contábil, abrange a caracterização dos sistemas de informações contábeis e identifica as inovações tecnológicas na área tributária instituída no Brasil. Assim, conclui-se a importância das inovações tecnológicas no desempenho do profissional contábil e na fiscalização das crescentes organizações que se modernizam constantemente a fim de obter vantagem competitiva, qualidade total dos produtos e/ou serviços e a satisfação dos clientes. Ao mesmo tempo em que as organizações estão se adequando a essas mudanças tecnológicas, ganha destaque o profissional contábil que precisa estar cada vez mais atualizado e aprimorando seus conhecimentos para atender amplamente as exigências das organizações, estas que apresentam necessidades que vão além das simples obrigações fiscais.
Palavras-chaves: Tecnologia da informação. Sistemas de informações contábeis. Sistema público de escrituração digital.

1 Introdução

Com o avanço das novas tecnologias as empresas deparam-se com problemas cada vez mais complexos para o exercício da profissão contábil. Todas essas mudanças são impulsionadas pela Tecnologia de Informação (TI) e as empresas necessitam cada vez mais de bons sistemas de informações contábeis para a aplicação de técnicas eficazes no processo de tomada de decisão, planejamento e para fins de auditora. Diante disso, Padoveze (2000, p.47) afirma que “a ciência contábil traduz-se naturalmente dentro de um sistema de informações... já que a própria Contabilidade nasceu sob a arquitetura de sistema informacional”.
A globalização e a mudança cultural da sociedade exigem cada vez mais que as organizações se adéqüem e invistam em qualidade, preços acessíveis, diversificação dos produtos e serviços e responsabilidade social entre outros fatores, e estas por sua vez necessitam de uma integração contábil segura para com as atividades organizacionais que seja a base de todo processo de planejamento, gestão e controle e não meramente sistemas contábeis com a finalidade de realizar simples processamentos de transações.
Atualmente, não é possível conceber uma organização de determinado porte suportada por um sistema de informação baseado em processamento convencional (manual) de dados (CORNACHIONE JR., 1998). Assim como a sociedade, o governo também exige ampla integridade das empresas quanto às prestações de contas ao fisco, e para isso dispõe de recursos tecnológicos cada vez mais sofisticados que facilitam não somente o processamento de dados, mas também acessos a sistemas que processam informações e compartilham conhecimentos.
Um grande salto foi dado na área tecnológica tributária no Brasil, com a implementação, principalmente, do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) e da Nota Fiscal Eletrônica (NFe), que engloba desde a escrituração dos livros contábeis/fiscais digitais até a apuração automática de imposto pelo fisco. Todas essas implementações objetivam reduzir o tempo gasto com a fiscalização de uma única empresa e, consequentemente, fiscalizar o maior número de empresas a partir de um banco de dados confiável e eficiente.
Portanto, esse artigo traz como objetivo geral retratar a contabilidade na era da tecnologia da informação e no contexto organizacional. Contudo, objetiva especificamente caracterizar os sistemas de informações contábeis, correlacionar a tecnologia de informação e sua importância na área contábil das empresas, bem como identificar e analisar as inovações tecnológicas na área tributária instituídas no Brasil.

2 Metodologia

A base de toda ciência é uma pesquisa bem estruturada e cada vez mais aperfeiçoada. Para Vergara (2006), a ciência é um processo racional de busca de verdade baseada na sistematização de erros e correções. Assim, a estruturação desse estudo desenvolveu-se com base numa pesquisa exploratória sob uma abordagem qualitativa e processos de revisão bibliográfica. A pesquisa exploratória envolve levantamento bibliográfico na medida em que apresenta como objetivo o aprimoramento de idéias (GIL, 2002).
O método de pesquisa de caráter qualitativo possibilita a geração de conhecimento a partir da observação e do envolvimento do pesquisador com o objeto pesquisado e sua interação com o ambiente e a realidade social (FERRARI, 1974). De acordo com Beuren (2008, p. 92) esta abordagem “pode ser uma forma adequada para conhecer a natureza de um fenômeno social e primordial no aprofundamento de questões relacionadas ao desenvolvimento da contabilidade, seja no âmbito teórico ou prático”. E ainda de acordo com Ferrari (1974) uma revisão bibliográfica é a avaliação das relações existentes entre os fenômenos estudados e outros fatores. Essas relações podem ser estabelecidas em função de suas propriedades relacionais de causa-efeito, produtor-produto e de correlações de análise de conteúdo.
Para o desenvolvimento do...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town