Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Humanas > Administração

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber

Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber, aplicadas na Empresa Bradesco S/A. São Paulo 2009 Sumário 1Introdução 2Frederick Winslow Taylor4 2.1Princípios de Taylor 3Henry Ford 4Jules Henri Fayol 4.1Princípios Básicos 4.2Funções Administrativas 5Maximillian Carl Emil Weber 5.1Analise da Obra 5.2Princípios…


Publicidade



Publicidade

As Novas Tendências da Administração

Trabalho enviado por: Aline Sara Lima Teixeira

Data: 15/02/2006

AS NOVAS TENDÊNCIAS DA AMINISTRAÇÃO

1. A ADMINISTRAÇÃO E SUAS NOVAS TENDÊNCIAS

A administração passou por uma verdadeira revolução nos últimos tempos, e nenhuma profissão avançou tanto no Brasil, quanto a de administrador. A gestão profissional será cada vez mais imprescindível para o desenvolvimento e a sobrevivência.

A sociedade se beneficia com esta revolução e os administradores também, pois ao contrário dos anos 80, quando o empresário ganhava seu próprio dinheiro na especulação financeira e não em seu próprio negócio, agora a gestão administrativa é que dá o tom para o sucesso da organização.

A lei, e principalmente a conscientização do direito do consumidor, obrigou as empresas a reverem seu comportamento e suas práticas no relacionamento com o cliente. A ética e a responsabilidade social, que são conceitos existentes há muito tempo, estão sendo amplamente valorizados e até um selo nos moldes da ISO 9000 e ISO 1400 já foi desenvolvida para sua medição.

Como uma operação de reinvenção, outra tendência, que chega com grande força é a Reengenharia, que busca excluir todo organismo operacional da antiga empresa na ilusão de "cortar o mal pela raiz", no intuito não de aperfeiçoar algo, mas inovar, e tornar a empresa competitiva e atual.

Durante as últimas décadas, os usuários tem obtido maior aceso à tecnologia e informática, a preços cada vez mais baixos, com recente ampliação e aprimoramento nos equipamentos e sistemas. A competição entre os fabricantes de microcomputadores e os novos avanços tecnológicos, somados às contínuas novidades em "software", aceleram ainda mais essa tendência.

A habilidade para tratar com informações e pessoas também é cada vez mais relevante à sobrevivência no mercado. O profissional do futuro é aquele que conta com conhecimento agregado, está sempre se atualizando. O líder é aquele que tem na alma profissional gravado a palavra comprometimento. A sua preparação, as motivações e aspirações são de natureza totalmente diferente do trabalhador tradicional. As implicações são relevantes para a administração, tanto ao nível organizacional hierárquico com do processo de liderança e da gestão dos recursos humanos.

As alianças entre empresas e universidades, estão surgindo cada vez mais, e tornando-se uma nova tendência da administração. Seu objetivo principal é criar excelentes profissionais e direcioná-los para as organizações e gerar lucro para as mesmas. É um sistema novo de parceria que vem dando bons resultados.

Outra nova tendência é o benchmarking, uma estratégia aplicada pelas empresas da atualidade, que visa o desenvolvimento de qualidade de serviço das empresas, através de pesquisas no ambiente externo, seus concorrentes, empresa modelo. O maior objetivo é ser melhor através da experiência de outras empresas para atender melhor as expectativas do seu maior foco: o cliente.


2 – AS NOVAS TENDÊNCIAS

A seguir analisaremos mais detalhadamente cada uma dessas novas tendências, e sua importância na sobrevivência das empresas nesse novo mercado.

2.1 – ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL

Os recentes escândalos no Estados Unidos com empresas como a Enron levantaram a importância da ética e da responsabilidade social nas empresas.

Sabe-se que as empresas usam um comportamento anti-ético para obter vantagens no mercado burlar as leis, principalmente no tocante à arrecadação de imposto, porém muitos já se preocupam com esta prática. Apesar de já existir uma pequena mudança ainda há muita diferença entre o discurso e a prática da ética.

"Incontáveis sermões têm sido feitos, oralmente e por escrito, sobre a ética da empresa e do empresário. A maior parte deles nada tem haver com as empresas e muito pouco com a ética." (Drucker, 1998:367)

Um ponto fundamental é a honestidade de todo dia. Diz-se formalmente que o empresário não deve roubar, trapacear, mentir, subornar ou aceitar suborno, porém ninguém deve fazer isso. Independente de seu cargo ou função ninguém é isento de observar as regras de conduta. As pessoas que se aproveitam de cargos para roubar, subornar ou deixar-se subornar enfrenta problemas de valores morais e de educação moral. Não existe uma ética diferente para as empresas, a ética é uma só.

Ultimamente, juntou-se as lições de moral à responsabilidade social. Cobra-se dos dirigentes de empresas assunção de um papel atuante e construtivo na sua comunidade.

Nesse impasse entre a atuação privada do administrador, a autonomia de sua empresa é a responsabilidade da mesma para com sua própria missão e finalidade de um lado e, de outro, o seu caráter público é que se localiza o problema ético específico da sociedade baseada nas organizações.

O "primum won wocere" pode parecer até esquecido, porém, está sendo sempre lembrado nos manifestos relativo à responsabilidade social. Mas como os médicos já constataram, mesmo essa norma já não é fácil de cumprir. Segundo Drucker (1994:376):

"Sua modéstia e auto cerceamento fazem dela a regra certa para a ética que os administradores precisam, a ética da responsabilidade".

2.2 – REENGENHARIA

De um modo bastante auto- explicativo, a reengenharia é a reconstrução de algo já consolidado. Dar-se-á contudo, de modo a substituir o atual modus operand da empresa por uma nova realidade engajada no que o mercado necessita e no que tornava a empresa mais eficiente na prestação de seus serviços.

"Fazer a reengenharia em uma empresa significa abandonar velhos sistemas e começar de novo. Envolve o retorno ao princípio e a invenção de uma forma melhor de se trabalhar. Essa definição informal é uma boa introdução, por transmitir uma idéia do que queremos dizer por reengenharia de uma empresa." (Hammer, Michael, 1994:21)

O fito principal da reengenharia consiste na aquisição de capacidade de melhor servir no sentido de custo benefício e compromisso consubstanciados à qualidade prestada ao cliente.

Pode-se entender reengenharia também como uma redefinição. Não necessariamente de destino, mas de como e qual o caminho a ser tomado para se atingir um objetivo.

"Melhoria de pequena monta teriam sido insuficientes em qualquer uma dessas situações. Todas as empresas visaram mudanças revolucionárias." (Hammer, Michael, 1994:33)

No atual mundo globalizado, cada vez menos se busca meios paliativos aos problemas estruturais. Não há interesse algum em jogar a sujeira para debaixo do tapete na tentativa infrutífera de dar fôlego ao que somente uma reengenharia soluciona.

2.3 – A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Encarar a empresa como algo que resiste, passa por momentos e se adapta, repensa sua forma de agir e de atuar no mercado buscando o diferencial chamado "vantagem competitiva – conjunto de fatores que levam a uma empresa definir positivamente de seus competidores." (Janil, 2001:37)

Fatores estratégicos atualmente devem contemplar a presença e participação de competidores que vêm um determinado segmento de onde jamais se esperava que viessem, através de alianças e parcerias estratégicas.

Para definir estratégias necessitamos de aceso a um grande acervo de informações a respeito dos nossos consumidores, mercado, clientes e da própria empresa.

"Aplicação de soluções de tecnologia de informação bem colocadas, as ferramentas analíticas e sistemas de informações...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town