Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Biológicas > Fisioterapia

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber

Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber, aplicadas na Empresa Bradesco S/A. São Paulo 2009 Sumário 1Introdução 2Frederick Winslow Taylor4 2.1Princípios de Taylor 3Henry Ford 4Jules Henri Fayol 4.1Princípios Básicos 4.2Funções Administrativas 5Maximillian Carl Emil Weber 5.1Analise da Obra 5.2Princípios…


Publicidade



Publicidade

Como Avaliar Reflexos Tendinosos, Força e Tônus Muscular

Trabalho enviado por: Carla T. Honório, Irismar e Ariane

Data: 22/04/2003

COMO AVALIAR REFLEXOS TENDINOSOS, TÔNUS MUSCULAR, E FORÇA MUSCULAR DOS MEMBOS INFERIORES E SUPERIORES


REFLEXOS

De um modo singelo, podemos definir reflexo como uma resposta motora ou secretora a um estímulo adequado, externo ou interno.

A base anatômica da atividade reflexa é o arco reflexo, cuja constituição compreende: uma via aferente (receptor e nervo sensitivo); um centro (substância cinzenta do SNC); uma via eferente (nervo motor e órgão efetor). Eventualmente, podem participar neurônios intercalares.

Os reflexos apresentam determinadas características fisiológicas. No período de latência entende-se o tempo que transcorre entre a aplicação do estímulo e a resposta. O reflexo patelar e o corneano são os que apresentam períodos de latência mais breves. No Período Refratário não se obtém resposta a um estímulo adequado, logo após a provocação de reflexo. Outra característica dos reflexos é a Fadiga: a provocação repetida do mesmo reflexo determina sua depressão até chegar à extinção, sendo necessário certo período de tempo para seu reaparecimento. Por outro lado, um estímulo insuficiente para provocar um determinado reflexo poderá fazê-lo, desde que repetido em várias sucessões – é o Fenômeno da Adição. O Princípio da Inervação Recíproca estabelece que a contração reflexa de um músculo se acompanha de uma inibição de seus antagonistas. Assim, na provocação do reflexo patelar ocorre a contração do quadríceps femoral e inibição dos grupos musculares posteriores da coxa. A Lei da Localização determina que cada reflexo apresenta uma área específica de excitação e resposta. Assim, o reflexo patelar se dá pela percussão do tendão patelar, que provoca contração do quadríceps femoral.


CLASSIFICAÇÃO DOS REFLEXOS

De acordo com Scherrington, os reflexos podem ser: exteroceptivos, proprioceptivos e visceroceptivos.

Reflexos Proprioceptivos

Nos reflexos proprioceptivos os estímulos atuam ou se originam nos músculos, tendões e labirinto.

Reflexos Miotáticos

No reflexo miotático (tração muscular), o estímulo é constituído pela distensão do músculo. Sua ação é mais evidente e potente nos músculos extensores, com função antigravitaria. O estímulo adequado para a avaliação deste reflexo é a distensão muscular rápida, provocada pela percussão tendínea. Os reflexos miotáticos são subdivididos em: Fásicos e Tônicos.

Os reflexos miotáticos fásicos são avaliados com martelo de reflexo, pela percussão de um tendão muscular. O paciente deve estar despreocupado com a região examinada, e a avaliação deve ser metódica e comparativa. De acordo...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town