Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Sociais Aplicadas > Ciências sociais

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0


Publicidade

Trabalho em Destaque

Título: A Proteção Social

1 INTRODUÇÃO O nascedouro foi em 1883, na Alemanha com o Chanceler Bismarck. Foi um marco tanto da Seguridade Social como da Previdência Social (primeiro sistema escrito de previdência social – seguro social). A forma de contribuição ou custeio para…


Publicidade

Software Livre x Software Proprietário

Trabalho enviado por: Ronan Rezende dos Anjos

Data: 21/06/2006

Capitalismo x Socialismo

Software Livre x Software Proprietário

Ceilândia, DF

Outubro, 2004


CAPITALISMO

Em seu sentido mais restrito, o capitalismo corresponde a acumulação de recursos financeiros (dinheiro) e materiais (prédios, máquinas, ferramentas) que têm sua origem e destinação na produção econômica.

Essa definição, apesar de excessivamente técnica, é um dos poucos pontos de consenso entre os inúmeros intelectuais que refletiram sobre esse fenômeno ao longo dos últimos 150 anos.

O capitalismo para Marx é um modo de produção de mercadorias que têm a finalidade de serem trocados (por dinheiro) e não a de serem usados. Esta idéia surgiu na época da Revolução Industrial.

Uma característica básica desse modo de produção é que nele os homens encarregados de despender os esforços físicos, não são proprietários das ferramentas, máquinas e matérias-primas (meios de produção) por eles utilizadas. E também o esforço físico é visto como mercadoria de lucro para a empresa.

Assim, a sociedade capitalista estaria dividida entre a classe que é proprietária dos meios de produção e outra, cuja única fonte de subsistência é a venda ou troca de sua "força de trabalho".

Com o desenvolvimento do capitalismo o patrão se afastou de seus empregados e se aproximou das relações comerciais (de troca). Estas lhe permitem uma acumulação inicial de riquezas.

O capitalismo é um sistema de mercado baseado em vários princípios como:

  • Propriedade privada dos meios de produção. As pessoas, individualmente ou reunidas em sociedade, são donas dos meios de produção.
  • A transformação das força de trabalho em mercadoria. Quem não é dono dos meios de produção é obrigado a trabalhar em troca de um salário.
  • A acumulação do capital . Em princípio, o dono do capital quer produzir pelo menor custo e vender pelo maior preço possível. O lucro é a diferença entre o custo de produção e o preço de venda do produto.
  • Para diminuir os custos, procura pagar o mínimo possível pelas matérias-primas, salários e outros meios de produção.
  • A definição de preços é feita pelo mercado, com base na oferta e na procura , isto é, na disputa de interesses entre quem quer comprar e quem quer vender produtos e serviços. No capitalismo, é o mercado que orienta a economia.
  • A livre concorrência. A concorrência é a competição na venda dos bens e serviços. Na prática, a concorrência em que todos são igualmente livres para produzir, comprar, vender, fixar preços, etc. não existe. Isto porque o mercado vem sendo dominado por grandes organizações, que expandem cada vez mais sua área de atuação através de fusões,...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Login

Ou faça login



Login

Crie seu cadastro




English Town