Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Sociais Aplicadas > Serviço Social

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0


Publicidade

Tag Cloud

Nenhuma tag encontrada.

Trabalho em Destaque

Título: A Proteção Social

1 INTRODUÇÃO O nascedouro foi em 1883, na Alemanha com o Chanceler Bismarck. Foi um marco tanto da Seguridade Social como da Previdência Social (primeiro sistema escrito de previdência social – seguro social). A forma de contribuição ou custeio para…


Publicidade

Fundamentos Históricos do Serviço Social

Trabalho enviado por: Anônimo

Data: 19/04/2017

SERVIÇO SOCIAL

Polo 3–UNIDERP

ATPS – Fundamentos Históricos e Teórico-Metodológicos do Serviço Social II

Campinas, 02 de Abril
2014.

Sumário
1. Resumo
2. Introdução
3. Objetivo
4. Metodologia
5. Desenvolvimento
6. Conclusão
Bibliografia

1. Resumo

O movimento de Reconceituação conhecido também como Reconceitualização do Serviço Social surge paulatinamente em toda a América Latina em 1930 até a segunda metade de 1960, nos países com desigualdades sociais. Foi criado para dar resposta aos questionamentos da sociedade ao serviço social tradicional, e para atendimento das reais necessidades da América latina, em confronto com governos imperialistas e capitalistas.

A Reconceituação do serviço social representou um marco decisivo no desencadeamento do processo de revisão crítica do Serviço Social, foi também um saldo qualitativo que foi se estruturando uma profissão interventiva no combate das desigualdades sociais e também um marco no processo de politização e mobilização de profissionais e estudantes com participação nos sindicatos em todo o país.

2.Introdução

Escolheu-se como objeto de estudo do presente o tema “Teoria do serviço social” em virtude da sua relevância no cenário mundial. O estudo explica sobre o conhecimento teórico é o conhecimento do objeto tal como ele é em si mesmo, na sua existência real e efetiva, independentemente dos desejos, das aspirações e das representações do pesquisador.

3. Objetivo

O trabalho visa uma reflexão sobre a influência dos pressupostos filósofos na historia do serviço social e reflete sobre a importância do movimento de Reconceituação decorrente de toda história da formação cultural de nosso país.

4. Metodologia

Para a realização deste trabalho, foram utilizados levantamentos bibliográficos, artigos, sites discussões em equipe, e estudos da disciplina de Fundamentos históricos e teórico-metodológicos do serviço social II.

5. Desenvolvimento

5.1 RECONCEITUAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL NO BRASIL

Com relação ao artigo sobre Movimento de Reconceituação do Serviço Social, aprendemos que o Serviço Social tem suas origens iniciais sempre ligados à religião, à caridade; doutrinado pela igreja católica; relacionando as profundas transformações econômicas e sociais que atravessaram a sociedade brasileira. A fundações das primeiras escolas de Serviço Social foram feitas por frequentadores da igreja buscando o preparo para o exercício remunerado e também gratificação pessoal. Algumas alunas do serviço social eram professoras primárias; que, com relação à questão social, negavam transformações econômicas e sociais, ou seja, a ação sobre as causas da Questão Social atuando sobre o efeito no que diz respeito às causas da Questão Social. Em posição contrária, o Serviço Social reconceituado, que se propõe atuar sobre as causas das questões sociais, atuando revolucionariamente sobre o sistema. O Serviço Social brasileiro apropriou-se da metodologia de trabalho americano, introduzindo nos currículos das escolas o Serviço Social de caso de grupo, organização social da comunidade, Serviço Social de comunidade, posteriormente desenvolvimento de comunidade. Os primeiros passos para o movimento de Reconceituação foram movidos pelos impactos das teorias e tentativas de prática desenvolvimentista. Reconhecia que sua teoria era frágil quanto à compreensão da dinâmica social, das relações de classe, dos grupos sociais, das instituições. Os problemas sociais: baixo índice de renda da população, ausência de infraestruturas de saneamento, alto índice de analfabetismo, baixo nível de saúde e de escolaridade não eram assuntos apenas de economistas e sociólogos, mas também para técnicos do Serviço Social e para a população em geral. Início do marxismo nas universidades e cotidiano de trabalho bem como a liberdade. Resultou ao Serviço Social, um recuo quanto à filosofia do desenvolvimentismo, novas e mais profundas indagações criticas ao Serviço Social tradicional e demanda de novas ideologias segundo (FALEIROS; 2004).

No Brasil, em 1964 aconteceu o que consideram a primeira manifestação grupal crítica de Serviço Social do nordeste; o encontro regional de escolas; onde, docentes e profissionais posicionam os métodos de intervenção face à realidade subdesenvolvida do nordeste, dando ênfase à crítica quanto ao aspecto economicista e adota o processo de conscientização na linha de liberação...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town