Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Sociais Aplicadas > Psicologia

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber

Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber, aplicadas na Empresa Bradesco S/A. São Paulo 2009 Sumário 1Introdução 2Frederick Winslow Taylor4 2.1Princípios de Taylor 3Henry Ford 4Jules Henri Fayol 4.1Princípios Básicos 4.2Funções Administrativas 5Maximillian Carl Emil Weber 5.1Analise da Obra 5.2Princípios…


Publicidade



Publicidade

As Organizações Vistas como Organismo

Trabalho enviado por: Jenifer Cristina Salviato

Data: 22/04/2003

As Organizações Vistas como Organismo


O uso de máquinas transformou radicalmente a natureza da atividade produtiva, deixando sua marca na organização, pensamento e sentimentos dos homens através dos tempos; sendo que o uso de instrumentos e ferramentas ocorre desde as primeiras organizações formais das quais se tem notícia, (como por exemplo: a construção de pirâmides, impérios, igrejas e armadas). No entanto, foi durante a revolução industrial na Europa e América do Norte, que teve início a invenção e proliferação de máquinas, na qual as organizações tiveram que passar a se adaptar às exigências das mesmas.

Frederick Taylor, autor da teoria conhecida como Administração Científica, via a organização de uma maneira totalmente mecanicista, como um processo racional e técnico, no qual os trabalhadores servidores eram vistos apenas como acessórios das máquinas, completamente controlados pela organização e pelo ritmo de trabalho, tornando-se alienados. Taylor foi parte de uma tendência social muito ampla, que envolveu a mecanização, especialização e burocratização da vida de forma geral, sendo utilizado como um instrumento para assegurar o controle geral sobre a situação de trabalho como um meio para chegar à geração de lucro.

No entanto, nos últimos cinqüenta anos uma nova forma de ver a organização foi concebida. Com base em todos os problemas levantados pela visão mecanicista da organização, muitos teóricos abandonaram este modo de pensar e passaram a inspirar-se sobretudo na biologia como uma fonte de idéias para refletir sobre as organizações. Notou-se, assim, que era possível pensar nas organizações como se estas fossem organismos.

..."A teoria da organização transformou-se num tipo de biologia na qual as distinções e relações entre moléculas, células, organismos complexos, espécies e ecologia são colocadas em paralelo com aquelas entre indivíduos, grupos, organizações, populações (espécies) de organizações e sua ecologia social..." (MORGAN, 1996, p. 43).

Morgan (1996) coloca que sob a influência da metáfora da máquina, a organização ficou fechada dentro de uma espécie de engenharia que se preocupava apenas com a relação entre objetos, estruturas e eficiência. Já quando a idéia da organização vista como organismos passou a ser estudada pelos teóricos, o foco de atenção passou a ser assuntos mais genéricos, tais como sobrevivência, relação organismos-ambiente e eficácia...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town