Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Sociais Aplicadas > Pedagogia

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Publicidade

Trabalho em Destaque

Título: Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber

Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber, aplicadas na Empresa Bradesco S/A. São Paulo 2009 Sumário 1Introdução 2Frederick Winslow Taylor4 2.1Princípios de Taylor 3Henry Ford 4Jules Henri Fayol 4.1Princípios Básicos 4.2Funções Administrativas 5Maximillian Carl Emil Weber 5.1Analise da Obra 5.2Princípios…

Publicidade

Relação de Trabalho e Capitalismo

Trabalho enviado por: Wagmer Souza Amorim

Data: 26/08/2004

Relação de Trabalho e Capitalismo


INTRODUÇÃO

Neste trabalho demonstraremos em cinco teses a relação de trabalho com o homem, as relações sociais com as relações capitalistas, de como a sociedade vive em torno deste modo capitalista, distinguir a diferença de valor de uso e valor de troca com concepção sobre a crise do trabalho e o envolvimento do trabalho concreto e abstrato dentro da sociedade.


DESENVOLVIMENTO

PRIMEIRA TESE

Há autores que defendem a perda da centralidade da categoria trabalho na sociedade contemporânea, há ressalvas uma vez que a busca pela qualificação, pela intelectualização do trabalho fabril e da perda desta centralização. Ainda que haja uma redução quantitativa, o trabalho abstrato cumpre papel decisivo no valor de troca. Isso se deve ao fato de o trabalho humano interagir com os meios de produção.

O assunto da crise da sociedade do trabalho é preciso recuperar a diferença marxiana feita entre trabalho concreto e trabalho abstrato, onde o trabalho humano de abstrato cria o valor da mercadoria e o gasto de força humana de trabalho útil e concreto produz valores de uso.

No universo da sociabilidade produtora de mercadorias, finalidade básica é a criação de valores de troca, o valor de uso das coisas é minimizado, reduzido e subsumido ao valor de troca. Mantém somente enquanto condição necessária para a integralização do processo de valorização do capital, do sistema produtor de mercadorias. O resultado da dimensão concreta do trabalho é também por inteiro subordinada à sua dimensão abstrata. Quando se fala da

crise da sociedade do trabalho, é necessário qualificar de que dimensão se está tratando em uma crise da sociedade do trabalho abstrato ou crise da sociedade do trabalho concreto.

A crise do trabalho abstrato pode ser esclarecida, com a redução do trabalho vivo e a ampliação do trabalho morto, há pelos menos duas formas diferentes de compreensão da crise da sociedade do trabalho abstrato, aquela que acha que o ser que trabalha não desempenha mais o papel estruturante na criação de valores de troca, na criação de mercadorias e aquela que critica a sociedade do trabalho abstrato pelo fato de que este assume a forma de trabalho...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




Publicidade