Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Sociais Aplicadas > Pedagogia

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber

Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber, aplicadas na Empresa Bradesco S/A. São Paulo 2009 Sumário 1Introdução 2Frederick Winslow Taylor4 2.1Princípios de Taylor 3Henry Ford 4Jules Henri Fayol 4.1Princípios Básicos 4.2Funções Administrativas 5Maximillian Carl Emil Weber 5.1Analise da Obra 5.2Princípios…


Publicidade



Publicidade

ENSINO-APRENDIZAGEM: AS DIFICULDADES E PROBLEMAS ENCONTRADOS NO ENSINO DE MATEMÁTICA NAS SÉRIES INICIAIS

Trabalho enviado por: ANDERSON VENTURA FURTUNA

Data: 09/08/2010

ENSINO-APRENDIZAGEM: AS DIFICULDADES E PROBLEMAS ENCONTRADOS NO ENSINO DE MATEMÁTICA NAS SÉRIES INICIAIS

Resumo:
A finalidade do trabalho é a de estudar os fatores fundamentais do ensino-aprendizagem da Matemática nas séries iniciais e ainda auxiliar o professor, dessas séries, nas mais diversas situações, que envolvam determinadas dificuldades por parte das crianças ou ainda por parte dos próprios professores. O objetivo principal é encontrar as dificuldades a fim de mostrá-las e ajudar de alguma forma para que essas dificuldades estejam presentes cada vez menos em cada vez mais professores e alunos nesse processo de ensino-aprendizagem.

Palavras Chave: Ensino-aprendizagem, Dificuldade, Matemática.

INTRODUÇÃO

Num contexto de mudança e de inovações curriculares colocam-se desafios ao professor e aos alunos. Assim, uma área de interesse relativamente recente da invés-tigação em educação matemática surgiu em torno dos dilemas e das dificuldades que os professores enfrentam nas suas aulas, parti-cularmente quando são confrontados com mudanças ao nível das metodologias a im-plementar e das tarefas que necessitam realizar.
Por que os professores das séries inicias têm dificuldade em ensinar Mate-mática? Seria essa a pergunta correta?
O trabalho a seguir tenta responder esta e outras dúvidas importantes para uma seqüência significativa da aprendizagem da Matemática.
“Para que a aprendizagem provoque uma efetiva mudança de comporta-mento e amplie cada vez mais o potencial do educador, é necessário que ele perceba a relação entre o que está aprendendo e a sua vida”. José e Coelho (1990, p.11).
Surgindo a reflexão sobre a necessi-dade de se explorarem possibilidades para a melhoria da aprendizagem dos alunos, especificamente nas séries inicias da vida escolar, procurei apresentar a questão de que uma melhor aprendizagem dos alunos e uma organização no ensino da Matemáti-ca seria a forma mais viável para futura-mente não encontrar dificuldades, no ensi-no, relativas a acontecimentos passados, como por exemplo, uma abordagem inicial a Matemática de má qualidade.
Levando em conta que:
“É uma realidade freqüente na educa-ção infantil e nas séries iniciais do ensino fundamental a coexistência de diferentes enfoques no ensino dos con-teúdos da Matemática. Esse fenômeno não só é observável entre diversas instituições, mas muitas vezes acontece dentro da mesma instituição educacio-nal. A diferença de formação entre os professores, como também a carência de espaços de reflexão sobre essas práticas de ensino, são algumas de suas causas”. Panizza et al. (2006, p.43).
E usando questionários aplicados a professores (PEB – I) Professor de Educa-ção Básica I, e após analise e discussão com os mesmos, ficou evidente nas respos-tas que a formação dos professores não ajudou muito nas situações-problemas en-contradas no cotidiano escolar.
Utilizando-se de uma bibliografia extensa e com conhecedores do assunto busquei mostrar que as dificuldades do ensino da Matemática vêm do início da vida escolar. Explorar os porquês dessas dificuldades certamente ajudará futuramen-te para que a fantástica matéria seja quista cada vez mais por cada vez mais alunos.
“A instituição de educação infantil pode ajudar as crianças a organiza-rem melhor as suas informações e estratégias, bem como proporcionar condições para a aquisição de novos conhecimentos matemáticos”. Brasil (1998, p.207).
O aluno quando chega ao Ensino Médio depara-se com um contexto mate-mático, digamos, um pouco complexo. Essa complexidade dá-se porque nas séries anteriores não houve um ensino consistente e sólido da matéria. Passando assim a bola para o docente seguinte que apto a dar con-tinuidade no ensino depara-se com a difi-culdade de alguns alunos, acabando por atrasar e muitas vezes não alcançar os objetivos que seria transmitir aquele con-teúdo. O professor voltar e explicar uma matéria que deveria ter sido adquirida anteriormente.
Com o objetivo principal de alcan-çar resultados, a fim de identificar as prin-cipais dificuldades dos professores em en-sinar Matemática nas séries iniciais trago, neste texto, alguns elementos para fazer pensar a profissão de professor. Não com o intuito de mostrar a maneira como se deve ensinar a Matemática nas séries iniciais, mas a de encontrar eventuais dificuldades e trabalhá-las a bem do futuro.
É coerente pensar que todos querem ser caracterizados em seus ofícios como bons profissionais, ou seja, como pessoas competentes no que fazem. Daí a ser reco-nhecido e valorizado por sua função profis-sional é entendido por muitos como algo automático.
O trabalho mostra-se importante a razão em que os professores das séries mais avançadas possam transmitir o con-teúdo sem muitas dúvidas de conceitos bá-sicos por parte dos alunos.
O aluno que não gosta de Matemá-tica tem para si este desgosto já de épocas passadas, tão logo me baseei em experiên-cias alheias de professores das séries ini-ciais para demonstrar que o “não gostar” de Matemática é relativo.
Ao longo do texto evidencia-se a importância...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town