Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Outras

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Tag Cloud

Nenhuma tag encontrada.

Trabalho em Destaque

Título: A Proteção Social

1 INTRODUÇÃO O nascedouro foi em 1883, na Alemanha com o Chanceler Bismarck. Foi um marco tanto da Seguridade Social como da Previdência Social (primeiro sistema escrito de previdência social – seguro social). A forma de contribuição ou custeio para…


Publicidade



Publicidade

A QUALIDADE DE VIDA DO ADOLESCENTE RENAL CRÔNICO

Trabalho enviado por: Zé Moleza

Data: 11/01/2017

A QUALIDADE DE VIDA DO ADOLESCENTE RENAL CRÔNICO SUBMETIDO À HEMODIÁLISE

The quality of life of the adolescent submitted to chronic renal hemodialysis

Resumo

A insuficiência renal crônica (IRC) é a deterioração progressiva da função renal. O adolescente renal crônico já nasce com a deficiência ou desenvolve logo no começo de sua vida, as causas mais comuns são as glomerulonefrites e malformações congênitas. Quando diagnosticado a IRC, o adolescente é submetido a alguma modalidade terapêutica, como a hemodiálise ou diálise peritonial, para tratamento do mesmo.

Objetivo desse estudo foi analisar a qualidade de vida (QV) do adolescente renal crônico submetido à hemodiálise. Foi realizada uma pesquisa exploratória com aspecto quantitativo, o instrumento utilizado foi o questionário genérico de Qualidade de V ida SF 36 com 11 questões fechadas, na unidade de Hemodiálise Pediátrica do Hospital São Paulo, em outubro de 2008. Foram entrevistados 08 pacientes, sendo 03 (37,50%) do sexo masculino, 05 (62,50%) do sexo feminino, faixa etária de 12 a 18 anos de idade. Concluímos que todos os entrevistados têm sua QV afetada.

Palavra-chave: adolescente, hemodiálise, qualidade de vida.

Abstract

Chronic renal failure (CRF) is the progressive deterioration of renal function. The adolescent chronic renal already born with disabilities or develops at the beginning of his life, the most common causes are glomerulonephritis and congenital malformations. When diagnosed the IRC, the teenager is subjected to any therapeutic modality, such as hemodialysis or peritoneal dialysis for the same treatment.

Purpose of this study was to analyze the quality of life (QOL) of adolescent subjected to chronic renal dialysis. We performed an exploratory research with quantitative aspect, the instrument was used generic questionnaire Quality of V outward SF 36 with 11 issues closed in the Hemodialysis Pediatric unit of the Hospital Sao Paulo, in October 2008. We interviewed 08 patients, 03 (37.50%) male, 05 (62.50%) were females, aged from 12 to 18 years of age. We conclude that all interviewees have affected their QOL.

Key words: adolescent, hemodialysis, quality of life

1. Introdução

A insuficiência renal crônica é a deterioração progressiva da função renal, a qual termina fatalmente em uremia ou sérios distúrbios hidroeletrolíticos, a menos que realize diálise ou um transplante renal. Na população acometida por esse mau as causas mais comuns são: HAS prolongada ou grave, diabetes mellitus, glomerulopatias, nefrite interticial, doença renal hereditária, doença policistica, uropatia obstrutiva, distúrbio do desenvolvimento congênito. 1

Em adolescentes as causas mais comuns são a glomerulonefrite e malformações congênitas, tais como a hipoplasia ou displasia renal, uropatia obstrutiva e nefropatia por refluxo. Normalmente o adolescente renal crônico já nasce com a deficiência ou desenvolve logo no começo da vida do mesmo. Seus comprometimentos mais comuns têm suas as características marcantes que são: o acentuado distúrbio de crescimento, retardo no desenvolvimento, retardo de maturação sexual, anormalidades ósseas e desenvolvimento de problemas psicossociais.

Esses períodos críticos de crescimento ocorrem durante os dois primeiros anos de vida e no decorrer da adolescência. 2

Apesar de na literatura conter quais são as causas mais comuns, como já citadas em nosso estudo, no Brasil ainda não tem dados precisos.

Os únicos dados mais precisos que pesquisas mostram, é de que em países subdesenvolvidos a maior incidência de IRC é causada pela Glomerulonefrite, logo podemos encaixar o Brasil, pois...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town