Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Outras > Colegial

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber

Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber, aplicadas na Empresa Bradesco S/A. São Paulo 2009 Sumário 1Introdução 2Frederick Winslow Taylor4 2.1Princípios de Taylor 3Henry Ford 4Jules Henri Fayol 4.1Princípios Básicos 4.2Funções Administrativas 5Maximillian Carl Emil Weber 5.1Analise da Obra 5.2Princípios…


Publicidade



Publicidade

Alcoolismo na Adolescência

Trabalho enviado por: Adla Kellen Dionisio Sousa

Data: 22/04/2003

O Alcoolismo na Adolescência


As indústrias de bebidas alcoólicas patrocinam grandes eventos veiculados através de fortes meios de comunicação de massa, como a televisão, desconsiderando riscos causados pelo hábito de beber. O consumo de bebidas alcoólicas está freqüentemente relacionado a eventos esportivos e vários símbolos de saúde e sucesso. Estes fatores podem contribuir para o uso abusivo de bebidas alcoólicas entre os adolescentes. Percebemos o aumento cada vez maior no uso e no acesso desses ao álcool. A influência social e muitas vezes familiar tem contribuído muito para o agravante desta realidade.

Os adolescentes que bebem demais enfrentam uma série de riscos, que variam de ferimentos acidentais a morte por envenenamento alcoólico. Em pesquisas a esse respeito, cientistas acrescentaram mais um perigo a essa lista: os danos cerebrais. Estudos preliminares indicam que beber de maneira excessiva regularmente pode danificar os cérebros adolescentes e dos jovens adultos, ainda em estágio de desenvolvimento, e talvez destruir as células cerebrais que ajudam a governar o aprendizado e a memória. Recentes estudos científicos representam as primeiras pinceladas do retrato emergente do álcool sobre o cérebro dos jovens:

  • Exames tomográficos de cérebros de adolescentes que abusam do álcool sugerem danos hipocampo, a região do cérebro responsável pelo aprendizado e memória. Em média, os jovens que bebem pesadamente têm hipocampos 10% menores do que os seus colegas, de acordo com um estudo.
  • Um segundo estudo demonstrou que os adolescentes que bebem demais se saem mal em testes de memória.
  • Tomografias cerebrais de jovens mulheres que beberam pesadamente na adolescência demonstram regiões de baixa atividade cerebral.

Em risco estão pelo menos três milhões de adolescentes norte-americanos que abusam do álcool regularmente. As pessoas brincam com a idéia de que o álcool mata neurônios, diz Duncan Clark, pesquisador do Centro da Universidade de Pittsbugh. "Bem, nesse caso as implicações são bastante sérias". Clark e outros cientistas temem que os adolescentes e jovens adultos que ficam bêbados regularmente sofram danos cerebrais duradouros, o que tomaria mais difícil para eles se sair bem no trabalho e nos estudos. Os críticos alegam que é cedo demais para imputar a culpa pelos danos cerebrais ao abuso do álcool. Eles dizem que muitos adolescentes que bebem demais também usam outras drogas e sofrem outros fatores de riscos capazes de prejudicar seus cérebros. Mas os pesquisadores enfatizam que embora o trabalho esteja ainda em seus primeiros estágios, as evidências se inclinam que muitos norte-americanos jovens favorecem porres pesados, com quatro ou cinco doses de bebida consumida em rápida seqüência.

Uma pesquisa recente da Escola de saúde Pública da Universidade Harvard, em Boston, concluiu que 44% dos estudantes tomam porres ocasionais, e que 74% deles dizem ter passado por essa experiência durante o segundo grau. "Temos um problema sério com o álcool entre os jovens", diz Enoch Gordis, diretor do Instituto Nacional da Saúde, em Bethesda, Maryland. Gordis e outros especialistas dizem que os novos estudos, ainda longe de completos, representam uma advertência de que o álcool pode prejudicar os cérebros dos jovens. "Os adolescentes que bebem demais podem não realizar seu potencial máximo", diz Gordis.

Até recentemente, os pesquisadores acreditavam que o...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town