Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Humanas > Direito

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber

Teorias de Taylor, Ford, Fayol e Weber, aplicadas na Empresa Bradesco S/A. São Paulo 2009 Sumário 1Introdução 2Frederick Winslow Taylor4 2.1Princípios de Taylor 3Henry Ford 4Jules Henri Fayol 4.1Princípios Básicos 4.2Funções Administrativas 5Maximillian Carl Emil Weber 5.1Analise da Obra 5.2Princípios…


Publicidade



Publicidade

Obrigações Solidárias

Trabalho enviado por: Rubens

Data: 01/01/2003

OBRIGAÇÕES SOLIDÁRIAS

FEIRA DE SANTANA - 21 DE AGOSTO DE 2002

 

Introdução

Antes de discutirmos as obrigações solidárias, convém estabelecermos o que são, juridicamente, as obrigações.

Apesar de dedicar um livro inteiro sobre o assunto (Parte Especial, Livro I – Direito das Obrigações), o nosso Código Civil (lei nº 10.406 de 10 de janeiro de 2002) não estabelece um conceito do que seriam as obrigações, coube, então, à doutrina defini-las.

João Franzen de Lima define: "obrigação é um vínculo ou necessidade jurídica, que adstringe uma pessoa a cumprir uma prestação em benefício de outra". Limongi França, por sua vez, enuncia: "é o vínculo, jurídico ou de equidade, pelo qual alguém está adstrito a, em benefício de outrem, realizar uma prestação.". Nesse mesmo sentido temos a definição de Luiz Antonio Scavone Junior: "obrigação pode ser definida como o vínculo jurídico transitório (extingue-se normalmente pelo pagamento) mediante o qual o devedor (sujeito passivo) fica adstrito a dar, fazer ou não fazer (prestação) alguma coisa em favor do credor (sujeito ativo), sob pena de ver seu patrimônio responder pelo equivalente, e, as vezes, por perdas e danos.".

Pela visão dos autores acima, percebe-se que não existe muita discordância sobre o entendimento doutrinário das obrigações, em síntese elas seriam um vínculo jurídico entre sujeitos (ativo e passivo ou credor e devedor), de caráter patrimonial, onde um está obrigado a cumprir uma prestação (dar, fazer ou não fazer) em favor do outro.

Por se tratar de relações humanas, é de se imaginar que as relações obrigacionais...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town