Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Humanas > Contabilidade

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: Áreas de Atuação da Contabilidade

CIÊNCIAS CONTABEIS                     Áreas de atuaçÃo da contabilidade                           Porto Nacional 2012   DOUGLLAS VICTORELLE PEREIRA AIRES    …


Publicidade



Publicidade

Indicadores Financeiros na Análise Gerencial Financeira

Trabalho enviado por: Marlon Tavares

Data: 28/09/2005

INDICADORES FINANCEIROS

BLUMENAU

2005


INTRODUÇÃO

A análise gerencial é de extrema importância para a tomada de decisões em qualquer organização. Por meio desta análise constatou-se que as despesas da Administração Central e as "despesas comuns" interferem significativamente no resultado econômico da empresa. Sugere-se que a administração da empresa estabeleça uma política eficiente de racionalização/redução de custos e despesas, bem como uma estratégia que objetive atuar de forma mais eficaz nas regiões onde se encontram instalados os seus postos de atendimento, procurando explorar as potencialidades, bem como minimizar as limitações de cada unidade. Para tanto é importante que a administração da empresa mantenha um contínuo acompanhamento das mutações que ocorrem freqüentemente no ambiente institucional, buscando minimizar a assimetria de informações, mas, sobretudo, aproveitar as oportunidades que porventura surjam.


INDICADORES FINANCEIROS

1ª) Participação de Capitais de Terceiros: Indica que em 2004 para cada R$1,00 de capital próprio (P.L.), a empresa possui R$0,36 de capital de terceiros. Índice de boa performance, comparado com 2003 onde ele alcançou R$17,55 de capital de terceiros.

2ª) Composição do Endividamento: Indica que para cada R$1,00 de capital próprio (P.L), a empresa possui R$0,36 de capital de terceiros. Índice de boa performance, comparado com 2003, onde ele alcançou R$17,55 de capital de terceiros.

3ª) Imobilização do Patrimônio Liquido: Como a empresa passa por graves dificuldades nos últimos anos seu índice em 2003 foi de 860,95% aplicado em imobilização para cada R$1,00 de capital. Em 2004 este índice foi de 77,65% que está melhor do que em 2003, embora esteja péssimo, pois significa que a empresa está trabalhando com pouco capital de giro.

4ª) Imobilização dos Recursos não correntes: Com um índice de 165,45% em 2003 de recursos em ativos permanentes, que pode ser por renovação do parque fabril, todavia em 2004 se manteve muito alto em 66,79% que demonstra que a empresa está com baixos resultados ao alto endividamento.

5ª) Liquidez Geral: Em 2003 o resultado de R$0,45 para cada R$1,00 das dívidas indica que a empresa operava em um nível muito baixo, em 2004 o índice melhorou, subindo para R$1,62. Mostrando que a empresa está com um ativo circulante e a L.P. consideravelmente melhor que no ano anterior.

6ª) Liquidez Corrente: Em 2003, devido as suas dificuldades a empresa obteve um resultado de R$0,21 de haveres para suas dividas em curto prazo, sendo assim este resultado significa que a empresa estava operando no negativo, em 2004 na situação melhor consideravelmente, alcançando R$1,61 mostrando uma sensível recuperação e operando em um quadro positivo.

7ª) Liquidez Seca: Co um índice de R$0,10 de ativo líquido em relação a cada R$1,00 de dividas no ano de 2003. Neste caso a empresa operava apenas para pagar as suas dividas, diferentemente do ano de 2004 onde alcançou R$1,17 que está acima da média, embora poderia estar bem melhor pelo porte da empresa.

8ª) Giro do Ativo: O giro do ativo em 2004 foi menor do que em 2003 em 13 %. A empresa em 2004 vendeu para cada um real de investimento total , o valor de 1,03 Reais .

9ª) Margem Líquida: Em 2004 a empresa melhorou bastante em relação a 2003 na questão dos lucros. Para...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town