Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Humanas > Administração

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: Tubos e conexões

Tubos e conexões Unoesc 2009 Sumário Introdução 1 Tubulações 2.1 Tubos de PVC 2.2 Tubos de Aço Carbono 2.4 Tubos de Cobre 2.5 Tudo de Polietileno (PE) 2.6 Tubos e Conexões de Ferro Fundido 2.7 Tubos de Concreto. 2.8 Tubos…


Publicidade



Publicidade

A Importância da Comunicação Interpessoal e Intrapessoal

Trabalho enviado por: Renato Waltencir da Silva

Data: 22/04/2003

EVENTO, CERIMONIAL E PROTOCOLO

Seropédica

2002

 

I) INTRODUÇÃO

Podemos considerar o ano de 1997 como um divisor no desenvolvimento turístico brasileiro: o turismo de entretenimento e lazer apresentou indícios de uma reformulação em seu rumo, enquanto isso o segmento do turismo de negócios, com forte influência da cultura e dos eventos, foi o principal responsável pela movimentação hoteleira, indicador insubstituível para informar sobre a economia da indústria turística.

Ocorreram várias expansões do turismo de negócios, surgiram aplicações internacionais no Brasil, anunciando investimentos maciços em hotelaria e em parques aquáticos. Porém a tendência que deveria ser duradoura foi logo apresentando oscilações negativas, esmo tendo uma atuação cada vez mais firme dos Convention & Visitors Bureau, muitos deles realizando ações coordenadas para a captação de eventos.

Existe uma grande necessidade de criação de empregos e reumanizar as relações sociais. Daí o surgimento do evento como uma das alternativas mais promissoras. Através dele podemos valorizar, preservar os patrimônios cultural e natural e o ser humano.

A pessoa que pretende iniciar-se na atividade de geração e captação de eventos, terá que saber das principais fases para a realização de um projeto:· Viabilidade econômica

  • Infra-estrutura operacional
  • Conveniência social
  • Aprovação política

Apesar de já ter assumido a liderança das atividades econômicas, o turismo não é um assunto esgotado. Bem planejando e administrado, pode ser uma das melhores maneiras para o desenvolvimento sustentável dos países. Assim como uma das poucas indústrias capazes de proporcionar um incentivo financeiro para a proteção de meio ambiente e do patrimônio cultural.

O turismo é uma indústria importante, porque:

  • Proporciona retorno mais rápido dos valores investidos;
  • É a alternativa mais viável de desenvolvimento para países com grandes riquezas naturais;
  • Tem interesse direto na preservação dos recursos naturais e culturais;
  • Não polui, quando bem administrado;
  • É mais democrático na distribuição de rendas;
  • Gera novos empregos fixando trabalhadores;
  • Sua melhoria pode contribuir para o bem-estar social;
  • Gera arrecadação de impostos.

II) TURISMO DE EVENTOS  

Os eventos constituem uma das formas mais válidas do dinamizar as estruturas turísticas. Para o turista o uma proposta, um convite de viver o momento em que tudo foi organizado especialmente para ele.

O evento, ao se desenvolver e distribuir os fluxos turísticos estará cumprindo o papel econômico do turismo, aumentando o número de ocupação nos meios de transporte, diminuindo a ociosidade dos meios de hospedagem, movimentando restaurantes, casas de diversões, favorecendo a distribuição de ronda, oportunizando o efeito multiplicador do turismo.

 Dentro da oferta de produtos de consumo turístico, o evento apresenta uma vantagem que lhe é intrínseca, o fator diferencial. Cada evento se distingue por suas características particulares e finalidades diferenciadas buscando alguns o campo cultural, outros o campo social ou econômico. Ele é também o momento em que se todo o resultado da preparação como o trabalho propriamente dito, o ambiente, as pessoas, o momento.

No Brasil, por exemplo, o carnaval do Rio de Janeiro é um evento que demanda toda uma conjuntura em sua permanente organização o atualização.

O evento divulga a cidade e o país sediador, fixando a imagem das cidades como centro turístico, graças ao aspecto diferencial.

Para conhecermos a realidade dos Eventos Turísticos, ou mesmo em um determinado estado ou país, caberia em primeiro lugar realizar um diagnóstico da situação existente, que nos oferecesse, entre outros dados, algumas respostas como:

  • Qual a singularidade que apresenta o Evento?
  • Quais são os recursos turísticos e serviços complementares que a região promotora oferece?
  • Qual a capacidade de ocupação da cidade receptora?
  • Qual o perfil do participante dos nossos Eventos?
  • Qual o esquema promocional adequado ao segmento do mercado que desejamos atingir?
  • Quais os gastos médios efetuados por um turista que participa de um evento? (participante ou acompanhante).
  •  O Calendário de Eventos oficial é editado pela EMBRATUR onde são registrados os eventos realizados no Brasil.
  •  Se classificarmos e Identificarmos os eventos, verificamos: congressos, feiras, exposições, convenções, simpósios, seminários, etc...
  •  O evento é um ótimo veículo de promoção da região, decorrendo daí a responsabilidade de possuir uma oferta adequada. Lembramos também que o nível de desenvolvimento da região é uma condicionante da demanda.

 

II. I) EVENTO

Um segmento promissor.Deslocando-se um grande número de profissionais, os eventos dinamizam economicamente tanto o hotel quanto à cidade onde este se encontra. Em 1988, o Brasil colocou-se em 11º lugar entre os países que sediaram eventos internacionais com a expectativa de expansão desse segmento, o empresário hoteleiro deve estar familiarizado com a complexidade organizacional de um evento e as possibilidades de lucrar com ele, em detalhes, os diferentes tipos de eventos e as etapas de sua organização.

Este artigo visa familiarizar o empresário do setor com a complexidade existente na organização de um evento, e também com as possibilidades de usufruir dessa movimentação econômica. Iniciamos apresentando uma conceituação para o termo EVENTO:

"Iniciativa na área das comunicações, idealizada, planejada, organizada e realizada com base na infinita necessidade de criação humana, visando a informação e a intercomunicação".

Pelo próprio conceito apresentado, fica patente a amplidão e a generalidade do termo. Porém com os reflexos e resultados que a realização de um evento vem apresentando, principalmente após a 2ª guerra mundial, podemos melhor dimensioná-lo, associando-o aos serviços que atualmente áreas de turismo e hotelaria estão capacitadas a oferecer. Na medida em que a realização de um evento chega a movimentar um exército de profissionais na sua viabilização, fica clara a sua importância na dinamização econômica, tão almejada por inúmeras cidades. Os prestadores de serviços, permanentemente, têm suas atenções voltadas para os calendários divulgados por empresas e associações promotores de eventos. Isto porque a realização de um evento, via de regra, significa a chegada de pessoas das mais diversas partes do país e do mundo, pessoas que necessitarão de transporte, recepção, hospedagem, alimentação, diversão, etc...

Além disso, podemos relacionar alguns benefícios advindos deste novo segmento de atividades:

  • Melhor performance nas taxas de ocupação das empresas hoteleiras e de transporte. Isto porque os promotores realizam seus eventos em época de baixa temporada, quando encontram facilidades em reunir um número significante de participantes, ao mesmo tempo em que possuem vários locais dispostos a sediá-los;
  • Incremento na receita global do local sede do evento, à medida que um turista participante gasta três vezes mais do que um turista comum;
  • Melhoria da imagem da cidade sede do evento, levando-se em conta que o participante pode se transformar em um elemento divulgador do local, ao retornar a seu ponto de origem;
  • Despertar o interesse de entidades e promotores em realizar futuros eventos, no mesmo local, na medida em que os já realizados tenham obtido sucesso.

 

II. II) CLASSIFICAÇÃO DE EVENTOS

Segundo Cândido Teobaldo de Souza Andrade, em Como Administrar Reuniões:

"reunião é um agrupamento de pessoas, com a finalidade de analisar e debater determinado assunto, em direção a um consenso no encaminhamento da solução do problema em foco".

Dessa forma, pode-se afirmar que vários tipos de eventos têm como embrião a reunião. O mesmo autor divide as reuniões em:

  • Reunião dialogal: baseada na informação, no questionamento e na discussão – palestra, conferência, seminário, simpósio, convenção, entrevista, entre outros.
  • Reunião coloquial: baseada no entretenimento, no lazer, na aproximação entre as pessoas e na confraternização – coquetel, café da manhã, almoço, jantar, brunch, happy hour, entre outros.
  • Reunião competitiva: concurso, torneio, entre outros.
  • Reunião expositiva ou demonstrativa: feira, salão, mostra, exposição, desfile, lançamento de produtos, inauguração.

Sabendo-se da multiplicidade de eventos existentes e que eles nascem das diversas técnicas de reuniões, podemos classificá-los por: categoria, área de interesse, tipo, podendo os diversos tipos serem agrupados em várias áreas ao mesmo tempo.

Por categoria

  • Institucional: quando visa criar ou firmar o conceito e a imagem da empresa, entidade, governo ou pessoa;
  • Promocional ou Mercadológico: quando objetiva a promoção de um produto ou serviço de uma empresa, governo, entidade ou pessoa.

Por áreas de interesse

  • Artística: está relacionada a qualquer espécie de arte, como música, dança, pintura, poesia e literatura;
  • Científica: trata de assuntos científicos nos campos da medicina, física, química, biologia ou pesquisa;
  • Cultural: tem por objetivo ressaltar os aspectos da cultura, para conhecimento geral ou promocional;
  • Folclórica: trata das manifestações de cultura regionais de nosso ou outro país, abordando lendas, tradições, hábitos e costumes típicos;
  • Educativa: o objetivo final é a educação;
  • Informativa: objetiva somente fornecer informação;
  • Cívica: trata de assuntos ligados à Pátria;
  • Política: trata de assuntos ligados à política, quer sejam eles relacionados a políticos, entidades sindicais ou outros;
  • Governamental: trata de realizações do governo, em qualquer esfera,...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town