Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Exatas > Engenharia

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: Tubos e conexões

Tubos e conexões Unoesc 2009 Sumário Introdução 1 Tubulações 2.1 Tubos de PVC 2.2 Tubos de Aço Carbono 2.4 Tubos de Cobre 2.5 Tudo de Polietileno (PE) 2.6 Tubos e Conexões de Ferro Fundido 2.7 Tubos de Concreto. 2.8 Tubos…


Publicidade



Publicidade

Periféricos de Entrada e Saída

Trabalho enviado por: Gibran Sanfelice Lehmkuhl

Data: 22/04/2003

Periférico de Entrada e Saída


COMPACT DISCS

(Periférico de Entrada)

Os Compact Discs (CD’s) não foram os primeiros produtos no mercado de videodiscos. Discos ópticos foram apresentados em 1973 e tornaram-se economicamente viáveis em 1978. Os CD’s foram mostrados pela primeira vez em 1980 e lançados comercialmente em 1983. Todos os sistemas de CD’s foram padronizados pela Phillips e o padrão de detecção e correção de erros foi desenvolvido por uma cooperação da Sony e da Phillips. Estes conhecimentos estão em um livro chamado de "Sony and Phillips Red Book", que pode ser adquirido, por quem quer desenvolver produtos (dentro deste padrão), mediante o pagamento de uma pequena taxa de uso.

CD-ROMs (Compact Disc Read-Only Memories)

Dois anos após o lançamento comercial do CD player, a Phillips lançou o CD-ROM player, que nada mais era se não uma adaptação direta do sistema de CD player para sistemas de processamento de dados. O mundialmente conhecido "Red Book" era expandido para o "CD-ROM Yellow Book".

CD’s e CD-ROMs são produzidos segundo mesmos processos físicos. Equipamentos produzidos para gravar ou copiar CD’s podem ser utilizados para gravar ou copiar CD-ROM’s. Estes discos têm as mesmas dimensões e composição química, além de que os drivers de CD-ROM trabalham com a mesma velocidade de rotação que os CD players e tanto os CD’s como os CD-ROM’s são gravados e lidos no mesmo modo.

Os drivers de CD-ROM e os CD players utilizam os mesmos tipos de sistemas de modulação e detecção de erros, entretanto, como os CD-ROMs foram originalmente projetados para armazenar dados e os CDs para áudio, o "CD-ROM Yellow Book" tem partes mais elaboradas quanto a endereçamento de blocos de dados, e um nível superior de detecção e correção de erros.

VANTAGENS DO CD-ROM

  • Alta capacidade de armazenamento (550 megabytes ou 200.000 páginas de texto formatado) em um espaço reduzido;
  • É um produto de custo relativamente baixo e tendência de crescimento de mercado, levando a uma redução no custo de produção;
  • As especificações físicas padronizadas pelo "Yellow Book" e as empresas de computação tem cooperado para manter os arquivos em um formato padrão;
  • Possibilidade de interatividade entre os dados armazenados;
  • Os discos são resistentes e portáteis, o que facilita o transporte e envio por meio de serviços postais;

DESVANTAGENS DO CD-ROM

  • Necessidade de grande infra-estrutura para a gravação dos discos;
  • Como o CD-ROM é gravado no modo CLV, o tempo de acesso em termos computacionais é relativamente baixo (1x=150k/s, 2x=300k/s,...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town