Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Como fazer paper, ensaio e resenha?


promoção concurso cultural de trabalhos

 

A maior biblioteca eletrônica de trabalhos acadêmicos!

PAPER

Definições

Para a ABNT (1989) paper é um pequeno artigo científico, elaborado sobre determinado tema ou resultados de um projeto de pesquisa para comunicações em congressos e reuniões científicas, sujeitos à sua aceitação por julgamento.

Os propósitos de um paper são quase sempre os de formar um problema, estudá-lo, adequar hipóteses, cotejar dados, prover uma metodologia própria e, finalmente, concluir ou eventualmente recomendar.

paper é intrinsecamente técnico, podendo envolver fórmulas, gráficos, citações e pés de página, anexos, adendos e referências.

Num paper a opinião do autor é velada e tem a aparência imparcial e distante, não deixando transparecer tão claramente as crenças e as preferencias do escritor.

Para Carmo-Neto (1996) os dados de um paper são geralmente experimentais, mensuráveis objetivamente; mesmos os mais intuitivos ou hipotéticos sempre imprimem um certo pendor científico, e quase sempre são formados a partir de uma metodologia própria para aquele fim.

Estrutura

Um paper deve conter os seguintes elementos:

  • Título;
  • Nome completo do(s) autor(es);
  • Resumo e/ou Abstract;
  • Introdução;
  • Revisão da Literatura;
  • Metodologia;
  • Desenvolvimento;
  • Resultados;
  • Discussão dos Resultados;
  • Conclusão;
  • Anexos e/ou Apêndices;
  • Bibliografia.

Embora um paper apresente número de páginas variado, de 15 a 20 páginas é o tamanho aceitável.

Utilização

  • Trabalho final de disciplinas de Cursos de Especialização, de Mestrado e de Doutorado;
  • Apresentação em congressos;
  • Publicações periódicas de papers, ex. READ (Revista Eletrônica de Administração – PPGA/EA/UFRGS).

 

ENSAIO

Definições

O ensaio é um "estudo bem desenvolvido, formal, discursivo e concludente, consistindo em exposição lógica e reflexiva e em argumentação rigorosa com alto nível de interpretação e julgamento pessoal. No ensaio há maior liberdade por parte do autor, no sentido de defender determinada posição sem que tenha que se apoiar no rigoroso e objetivo aparato de documentação empírica e bibliográfica. De fato, o ensaio não dispensa o rigor lógico e a coerência de argumentação e por isso mesmo exige grande informação cultural e muita maturidade intelectual" (Severino, 1976, p.153)

"É uma exposição metodológica dos assuntos realizados e das conclusões originais a que se chegou após apurado o exame de um assunto. O ensaio é problematizador, antidogmático e nele deve se sobressair o espírito crítico do autor e a originalidade" (Medeiros, 2000, p. 112).

RESENHA

Definições

Tipo de resumo crítico, contudo mais abrangente: permite   comentários e opiniões, inclui julgamento de valor, comparação com outras obras da mesma área e avaliação da relevância da obra em relação às outras do mesmo gênero, por isso normalmente a resenha é uma tarefa para especialistas no assunto, como professores de determinada área.

Segundo Andrade (1997), resenha é um relato minucioso das propriedades de um objeto, ou de suas partes constitutivas; é um tipo de redação técnica que inclui variadas modalidades de textos: descrição, narração e dissertação. Estruturalmente, descreve as propriedades da obra (descrição física da obra), relata as credenciais do autor, resume a obra, apresenta suas conclusões e metodologia empregada.

Estrutura

A resenha deve ser escrita em terceira pessoa, implicando em certa neutralidade, o que é limitado, porque na seleção e organização do texto já ocorre intenção de quem escreve.

Elementos de Identificação

Uma resenha deve conter os seguintes elementos:

  • Autor;
  • Título;
  • Local da Publicação;
  • Editora;
  • Data;
  • Edição;
  • Tamanho;
  • Autoria;
  • Resumo;
  • Tipo de Livro;
  • Bibliografia;
  • Apreciação.

Fonte: Guia para a elaboração de trabalhos escritos - UFRGS

Quer ver mais para a sua Monografia?

Associe-se e acesse mais de 30mil trabalhos

Se você já possui cadastro, clique aqui