Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Filme Nell

Trabalho por Larissa Souza de Oliveira, estudante de Psicologia @ , Em 02/06/2005

5

Tamanho da fonte: a- A+

Filme Nell

MANAUS

2005

1. Filme:

Nell


2. Gênero:

Drama


3. Atores Principais:

Jodie Foster (Nell)

Liam Neeson (Jerome Lovell)

Natasha Richardson (Paula Olsen)


4. Sinopse

Em "Nell", apresenta-se uma eremita cristã que havia sido violentada na juventude, teve duas filhas gêmeas como resultado daquele seu único contato com um ser humano do sexo masculino e, logo ao início do filme, morre, sem que ninguém nunca houvesse sequer sabido da existência de outra pessoa a viver com ela. O médico da pequena cidade (que para lá fora acompanhado do chefe de polícia) atesta o óbito da eremita em sua própria casa, ficando espantado com o fato de ser possível a alguém viver em tal isolamento, sem água corrente em casa, sem telefone, luz elétrica ou qualquer dos confortos do mundo moderno. Pior, era "afásica", pois tinha metade do rosto paralisado por um acidente vascular cerebral em tenra idade.

Ao entrarem na choupana, surpreendentemente, encontram "Nell", que desenvolvera uma linguagem própria e estava em idade estimada entre 26 e 30 anos (Jodie Foster interpreta brilhantemente a "mulher - selvagem"). O interesse em caso tão pitoresco por parte da comunidade acadêmica obriga o médico humanista a judicial e judiciosamente conseguir o direito de fazer uma tentativa na direção de aprender - lhe o idioma e buscar saber se ela deseja sair da condição em que se encontra ou não. Impregnado de momentos de raríssima beleza, com mensagens filosóficas tremendamente profundas, dentro do processo de ensino/aprendizagem em que se envolvem uma médica da comunidade acadêmica, o médico humanista da cidadezinha e a "mulher selvagem", como alguns a chamam, percebemos pérolas como: "Você está certa, Nell, viver entre as pessoas é desvantajoso: primeiro elas te confundem, depois te abandonam"

Este o resultado final da trama no julgamento em que se vai decidir o futuro de Nell: viver em sociedade, "aprendendo as coisas grandiosas que lhe foram negadas pela mãe" ou optar por seguir reclusa, como o foi desde o nascimento. O discurso dela no julgamento, quando todos já julgavam o caso perdido, é uma lição de vida a todos quantos tiveram a oportunidade de acompanhar de perto este trabalho primoroso. Equiparável aos mais belos trechos de aborígines refratários ao domínio colonial europeu sobre estas terras.


5. Análise do filme

A primeira pergunta que se pode colocar é a de saber se Nell é ou não "criança selvagem ". Pensamos que não se pode dizer que Nell seja uma criança selvagem porque, em primeiro lugar, ela não é uma criança, mas sim uma adolescente que, no caso de Nell, embora não tenha tido nenhum contato com outros seres humanos, a não ser com sua mãe e a irmã. Além disso, Nell não vivia enclausurada pois saía à noite e só não saía de dia porque tinha medo, Nell quando foi encontrada sabia falar e andar.

Outra das questões que é levantada neste filme é o facto de Jerry e Paula apresentarem no início soluções bastante antagônicas para o caso de Nell. De uma lado temos uma psicóloga que vê na jovem Nell uma oportunidade para a sua própria carreira. Trata-se de um caso muito raro, que não pode ser construído em laboratório e do qual, por isso mesmo, Paula tenta tirar todo o proveito. É com o intuito de ganhar algum protagonismo profissional que quer levar Nell para um Hospital. No Hospital poderia aprofundar o conhecimento da sua personalidade, através de um acompanhamento médico permanente. Por outro lado, temos Jerry que ganhou de imediato uma grande empatia por Nell. Por isso ele tenta mantê-la no seu habitat natural. É aí que Nell sempre viveu e é com a