Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Teoria de Jerome Bruner

Trabalho por Gisele Mendes, estudante de Letras @ , Em 22/04/2003

5

Tamanho da fonte: a- A+

Teoria de Jerome Bruner

Jerome Bruner

Na estrutura teórica de Bruner, o aprendizado é um processo ativo, no qual aprendizes constroem novas idéias ou conceitos, baseados em seus conhecimentos passados e atuais.

Bruner tem como uma idéia central da sua teoria a necessidade do professor e dos alunos conhecerem a estrutura de uma determinada área de conhecimento/assunto. Quando o aluno está acomodado com os conhecimentos adquiridos, cabe ao professor propor-lhe dúvidas, motivando-o a descobrir por si mesmo os princípios.

Afirma ainda que se pode ensinar qualquer coisa para qualquer criança em qualquer estágio de desenvolvimento, pois o fundamental é a interação entre: criança, assunto e modo pelo qual ele é apresentado, assim, o aluno pode transferir a aprendizagem para uma nova situação.


Currículo Espiral
significa ver o mesmo tópico mais de uma vez com diferentes modos de representação e em diferentes níveis de profundidade, ou seja, as informações iniciais apresentadas se adequam a capacidade de compreensão do indivíduo e vão gradativamente se tornando mais e mais complexas a medida em que este se desenvolve, fazendo com que o aluno construa continuamente sobre o que já aprendeu.

Segundo Bruner, o desenvolvimento do homem, está ligado a sua capacidade de construir modelos de representação do mundo, que lhe permitem ir além da informação dada, sendo que a construção dos modelos iniciais ocorre através de fatores que a cultura fornece ao indivíduo. Portanto, ele constrói modelos iniciais segundo convenções sócio-culturais, para só então criar seus próprios modelos.

Para Bruner o desenvolvimento é caracterizado pelo domínio progressivo de três formas de representação do conhecimento: ativa, icônica e simbólica.

  • Ativa é caracterizada pelo manuseio e pela ação física.
  • Icônica se caracteriza pelo surgimento da capacidade de associação e representação através de imagens.
  • Simbólica é caracterizada pela representação formal e transposição das experiências para a linguagem.

Um aspecto interessante a se ressaltar é que tais estágios de representação não estão ligados a fatores biológicos, mas sim a fatores culturais.

Bruner destaca a importância do erro por manter o indivíduo interessado na tarefa.

Difere de Piaget em relação à linguagem. Para ele, o pensamento da criança evolui com a linguagem e dela depende. Para Piaget, o desenvolvimento da linguagem acontece paralelamente ao do pensamento, caminha em paralelo com a lógica.