Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

A Moral e Outras Formas de Comportamento Humano

Trabalho por Lívia Freitas, estudante de Ciências Sociais @ , Em 19/08/2006

5

Tamanho da fonte: a- A+

A MORAL E OUTRAS FORMAS DE COMPORTAMENTO HUMANO


INTRODUÇÃO

O homem relaciona-se de forma variada com o mundo. Seu comportamento é influenciado pelas variadas e diversas necessidades humanas, sendo direcionado de acordo com estas demandas.

Devido a esta variedade de relações do homem com o mundo, desenvolvem-se relações diversas dos homens entre si na economia, direito, política etc. E são nestes relacionamentos que afloram os vários tipos de comportamento.

O comportamento do homem varia de acordo com o objeto com o qual ele se relaciona e com a necessidade a ser satisfeita. Todas as formas de comportamento estão relacionadas entre si e variam de acordo com o contexto histórico em que ocorrem, pois ele determina qual a forma de comportamento deve dominar em determinada época ou sociedade.

Por ser um grupo de normas e regras que regem o comportamento individual e social dos homens, a moral tem uma relação articulada com as demais formas fundamentais de conduta humana. Mas é preciso observar que apesar das semelhanças entre as variadas formas de comportamento, existem diferenças que identificam cada tipo de conduta e que precisam ser respeitadas.

A moral não pode interferir nas demais condutas, assim como estas não podem interferir na moral, pois as diversas condutas possuem campos específicos. A relação da moral com os outros campos deve ser mútua.


A MORAL E OUTRAS FORMAS DE COMPORTAMENTO HUMANO

Moral e Religião

Desde os tempos mais remotos, o homem luta pela sua sobrevivência das mais variadas formas, de acordo com sua época, espaço, condições sócio-econômicas e culturais. Nesta batalha diária, os seres humanos procuram de alguma forma, justificar determinados acontecimentos e situações de forma a buscar a fundamentação para desvendar o sentido da vida. Apegam-se, portanto, a sua fé, crendo que há um ser de divina amplitude, que rege e julga as ações da humanidade.

É inegável que a Religião influencia o comportamento social através dos tempos, tornando-se a base norteadora de ações realizadas, muitas vezes sendo utilizada com intenções ideológicas da classe dominante. A partir daí, observa-se sua estreita ligação com a Moral, visto que ambos funcionam como instrumentos regulamentadores do comportamento humano. Apesar disso, moral e religião podem ser considerados interligados, mas não interdependentes, pois, se no passado, o fundamento e a garantia da vida moral eram atribuídos somente a Deus, nos dias de hoje estes itens estão cada vez mais centrados no poder do próprio homem.

Moral e Política

Uma das funções da moral é regulamentar as ações mútuas entre os indivíduos e entre estes e a comunidade, enquanto que a política abrange relações entre grupos humanos, como classes, povos de nações, incluindo a atividade destas classes ou grupos sociais através das suas organizações específicas.

A política é a atividade dos grupos sociais que tende a conservar a ordem social existente, a reformá-la ou mudá-la. É também a atividade que o próprio poder estatal desenvolve na ordem nacional e internacional.

A maneira com que os indivíduos se situam na política se difere da moral. No campo político os sujeitos da ação política são indivíduos, mas enquanto membros de um grupo social determinado, procurando defender os interesses comuns nas relações com o Estado, com outras classes e com outros povos. Na moral é o fator íntimo e pessoal que determinará sobremaneira as relações morais do indivíduo com os demais. Aqui, o indivíduo toma decisões pessoais e assume uma responsabilidade pessoal pelos seus atos. Apesar de que as normas morais possuam um caráter coletivo, é o indivíduo que deve decidir pessoalmente se as cumpre, assumindo a responsabilidade.

Vale salientar que política