Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Acentuação Gráfica

Trabalho por Fabiano de Andrade Silva, estudante de Colegial @ , Em 22/04/2003

5

Tamanho da fonte: a- A+

Acentuação Gráfica


1. Introdução:

Para acentuar corretamente as palavras é necessário seguir algumas regras. São estas regras que nós apresentaremos neste trabalho.

2. Acentuação dos proparoxítonos:

Todas as palavras proparoxítonas são graficamente acentuadas.

Ex.: árvore, metafísica, lâmpada, quiséssemos, Ângela, África, etc.

3. Acentuação dos paroxítonos

Acentuam-se as palavras paroxítonas terminadas em:

  • r: caráter, revólver, etc.
  • x: tórax, látex, etc.
  • n: pólen, hífen, etc.
  • l: fácil, amável, etc.

Acentuam-se as palavras paroxítonas terminadas em:

  • i (is): júri, júris, lápis, beribéri, etc.
  • us: bônus, vírus, etc.
  • ã (ãs): órfã, órfãs, ímã, ímãs, etc.
  • um/uns: álbum, álbuns, médium, médiuns, etc.
  • ei/eis: jóquei, vôlei, túneis, fósseis, etc.
  • ps: bíceps, fórceps, etc.

Acentuam-se as palavras paroxítonas terminadas em ditongo crescente:

  • Ex.: infância, demência, histórias, cáries, etc.

Observações

* Não se acentuam as palavras paroxítonas terminadas em ens: hifens, polens, jovens, nuvens, homens, etc.

* Também não devem ser acentuados os prefixos paroxítonos terminados em i ou r: sem-i-selvagens, super-homem, etc.


4. Acentuação dos oxítonos:

Acentuam-se as palavras oxítonas terminadas em:

a/e/o (seguidas ou não de s): maracujá, café, dominó, vocês, ananás, bisavôs, etc.

em/ens: armazém, armazéns, vinténs, porém, etc.


5. Acentuação dos monossílabos:

Acentuam-se os monossílabos tônicos terminados em a, e, o (seguidos ou não de s).

Ex.: pá, lá, pôs, vê, lês, etc.

6. Acentuação dos ditongos:

Acentuam-se, na base, os ditongos abertos tônicos éu, éi, ói.

Ex.: céu, chapéus, anéis, herói, anzóis, etc.

7. Acentuação dos hiatos:

Recebe acento circunflexo o primeiro o. das palavras terminadas pelo hiato oo (seguido ou não de s).

Ex.: vôo, perdôo, abencôo, etc.

Coloca-se acento agudo nas letras i e u, se elas:

  • ocorrerem sozinhas na sílaba, ou com a letra s;
  • vierem precedidas de uma vogal;
  • não forem seguidas do dígrafo nh.

Ex.: sa-í-da, sa-ú-de, ba-la-ús-tre, etc.

Observação

Por esta regra, fica claro que Ra-ul, ra-i-nha, sa-ir-des, sa-iu não devem receber acento, embora as letras i e u formem hiato com a vogal anterior.


8. Trema:

Coloca-se o trema na letra u dos encontros gue-gui-que-qui, quando a letra u for pronunciada atonamente.

Ex.: lingüiça, tranqüilo, sagüi, freqüente, etc.

Observações

* Se a letra u de tais encontros for pronunciada tonicamente, receberá acento agudo.

Ex.: argúi, averigúe, etc.

* Se a letra u de tais encontros não for pronunciada, evidentemente não receberá acento algum.

Ex.: esquilo, guerra, queijo, quente, etc.

 

9. Acentuação das formas verbais:

Os verbos ter e vir, recebem acento circunflexo na terceira pessoa do plural do presente do indicativo.

singular

plural

ele tem

ele vem

eles têm

eles vêm



Os verbos derivados de ter e vir (deter, manter, conter, intervir, sobrevir, etc.) recebem, no presente