Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

A História da América Latina

Trabalho por Gilda Antunes, estudante de Colegial @ , Em 10/10/2004

5

Tamanho da fonte: a- A+


A chegada de portugueses e espanhóis à América significou o início de um processo de mestiçagem racial e cultural em que haveriam de fundir-se - em graus que variaram segundo a região, as civilizações e as etnias ameríndias - as línguas e os sistemas econômicos, sociais e políticos trazidos da península ibérica e o rico folclore dos negros africanos.

O estudo da evolução cultural do homem na América serviu para comprovar as conquistas e peculiaridades de algumas sociedades isoladas durante milênios do resto da humanidade. Invenções como a roda e a metalurgia do ferro não eram conhecidas na América antes da chegada dos europeus, mas os ameríndios mostraram, no entanto, uma capacidade intelectual notável na criação artística, nos conhecimentos científicos e astronômicos, na criação de sistemas de escrita e cálculo etc. Em grande parte, a história dos povos pré-colombianos é conhecida apenas por meio do estudo dos restos arqueológicos, embora também sejam consideradas como valiosas fontes históricas os códices copiados na época da conquista e as crônicas elaboradas pelos conquistadores.


MOVIMENTOS DE INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA LATINA

Após a independência, as nações latino-americanas passaram por dificuldades. As guerras civis e internacionais, as ditaduras e os movimentos revolucionários contribuíram para frear o desenvolvimento econômico na região. Ao mesmo tempo, o neocolonialismo americano substituía o antigo domínio espanhol.

A região do rio da Prata foi a primeira a conquistar a independência. A maior parte do território deu origem à Argentina, cuja população se envolveu, ao longo do século XIX, numa série de conflitos civis entre federalistas e centralistas. Durante o século XX, a Argentina desenvolveu sua indústria com base principalmente na exportação de carne, cujas flutuações de preço no mercado internacional acabaram por provocar uma instabilidade política no país.

Em 1828, um acordo entre Brasil e Argentina deu independência ao Uruguai, que nas décadas seguintes passou por duas guerras civis e lutou contra o Paraguai ao lado dos dois outros países. Na primeira metade do século XX, a economia uruguaia prosperou, mas a partir da década de 1960 o país entrou numa fase de crise econômica, social e política.

Um longo período de governos personalistas, iniciados com o de Gaspar Rodríguez de Francia, caracterizou a vida política do Paraguai durante os séculos XIX e XX. A guerra contra o Brasil, o Uruguai e a Argentina arruinou o país, que de 1932 a 1935 participou de um novo confronto armado, dessa vez contra a Bolívia.

O México, a América Central e a América do Sul formam a América Latina.

MÉXICO

Três componentes principais configuram a fisionomia do México, o mais populoso país de língua espanhola, uma terra de contrastes e de vigorosa personalidade: o estilo de vida e o poder econômico de seu vizinho do norte, os Estados Unidos; a colonização hispânica, que lhe legou a língua e a religião; e o enraizamento de muitos elementos de sua cultura em antigas civilizações pré-colombianas, como a asteca e a maia.

Com uma área de 1.958.201km2, o México situa-se na parte meridional da América do Norte. A Cidade do México, capital do país, é uma das maiores cidades do mundo. O território mexicano limita-se ao norte com os Estados Unidos, ao sul e a oeste, com o oceano Pacífico; a leste com o golfo do México e o mar do Caribe; e a sudeste com Belize e Guatemala.

HISTÓRIA DO MÉXICO

As regiões central e meridional do atual território mexicano são densamente povoadas desde longa data, graças ao cultivo, iniciado vários milênios antes da era cristã, do milho, da abóbora e do feijão. Surgiram assim várias culturas, entre elas a olmeca, a