Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

E.V.A Economic Value Added

Trabalho por Marinês Mafra de Souza, estudante de Contabilidade @ , Em 22/04/2003

5

Tamanho da fonte: a- A+

CONTABILIDADE CUSTOS

E.V.A. Economic Value Added

CURITIBA, OUTUBRO 2002


1. Introdução

O Brasil encontra-se atualmente no meio de uma verdadeira revolução em governança corporativa. Governança Corporativa pode ser definida como o conjunto de normas, valores e regras que moldam o comportamento dos gerentes de uma empresa. O E.V.A. aparece como um dos motivadores a esta mudança.

1.1. A Situação do E.V.A. no Brasil

O E.V.A. foi desenvolvido pela empresa de consultoria Stern Stewart & Company, que realizou trabalhos em empresas brasileiras para a implantação do E.V.A. e como resultado constatou-se a existência de quatro estágios de empresas na transformação de governança corporativa:

As empresas no primeiro estágio são aquelas que ainda utilizam números contábeis como base para análise de desempenho e remuneração variável, quando esta existe. Estas empresas não reconhecem a mudança estrutural ocorrida no plano global e, caso continuem nesta direção, provavelmente serão punidas pelo mercado de capitais e por seus acionistas.

No segundo estágio, os gerentes reconhecem pelo menos parcialmente que o sistema de governança corporativa precisa ser consertado.

Como terceiro modelo, uma mudança marginal comum que algumas empresas têm adotado é pedir a seus contadores que calculem uma medida rudimentar de lucro econômico.

O sistema de governança corporativa deve ser modificado de tal forma que alinhe os interesses dos gerentes com os proprietários, sem necessariamente garantir aos primeiros uma participação acionária no negócio. Este é o objetivo principal do Sistema de Gestão E.V.A., e, mais especificamente do sistema de remuneração variável baseado em E.V.A.

Quando uma empresa é privatizada, ela não se transforma instantaneamente em uma organização focada em seus clientes e proprietários. Um dos maiores desafios dos novos donos, muitos deles empresas multinacionais, é como modificar o sistema de governança e transformar a cultura da companhia de forma que ela opere mais eficientemente. O Sistema de Gestão E.V.A. pode ajudar a transformar os dois. Ao alinhar os interesses dos gerentes com os objetivos dos donos através de um poderoso programa de incentivos e treinar os gerentes a tomar as decisões de negócio corretas, os negócios das antigas estatais melhorarão e seus clientes serão mais bem servidos.

Reconhecer a necessidade de mudança é o passo crítico inicial de qualquer revolução. Saber exatamente quais são as mudanças necessárias constitui a chave para tornar-se um vencedor em qualquer revolução.

Parâmetros para a mensuração de resultados são essenciais para o controle gerencial. Um dos primeiros indicadores de valor considerava o porte da organização; uma medida comum é o lucro líquido contábil. Diversas críticas podem ser feitas a tais mensuradores, mas a principal delas é a não consideração do custo de capital dos acionistas. No inicio da década de 80, diversos autores passaram a questionar o que é criação de valor, retomando-se o conceito de lucro econômico, que considera o custo de oportunidade dos recursos utilizados.

O E.V.A ajuda os administradores garantir que uma dada unidade de negócios está contribuindo para aumentar o valor para o acionista, enquanto os investidores podem usá-lo para localizar ações que provavelmente aumentarão de valor. Hoje em dia poucos administradores e investidores o estão utilizando, de modo que aqueles que o fazem têm uma vantagem competitiva.


2. Objetivo

O objetivo deste trabalho é definir o que é E.V.A. (ou Valor Econômico Agregado), para que serve e como é utilizado dentro das empresas.

Pelo fato do E.V.A. ser uma medida de desempenho que atualmente vem sendo utilizada para melhorar o resultado como um todo, é importante que se tenha uma noção deste conceito para saber sua existência no