Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Balanced Scorecard (BSC)

Trabalho por Flavio de Almeida Pavao, estudante de Administração @ , Em 16/03/2005

5

Tamanho da fonte: a- A+

BALANCED SCORECARD (BSC)


INTRODUÇÃO

Uma das maiores dificuldades de gestão das empresas do mundo inteiro é conseguir que todo o corpo profissional opere de forma alinhada com o pensamento estratégico da diretoria e da presidência da empresa. Torna-se cada vez mais difícil encontrar modelos adequados de gestão e de comunicação que mantenham todo o time agindo de forma alinhada com as metas estratégicas da organização.


CONCEITOS

Balanced Scorecard (BSC), traduzido "ao pé da letra", significa "Cartão de Marcação Equilibrado". O BSC é uma nova ferramenta de medição de desempenho, desenvolvida por David Norton e Robert Kaplan, baseado em dados financeiros e não financeiros, que proporciona uma gestão estratégica nos diversos setores de uma organização, que busque a realização de metas estratégicas de longo prazo. É organizado em torno de quatro perspectivas distintas - financeira, do cliente, processos internos e de inovação e aprendizado. Portanto, o uso do Balanced Scorecard no planejamento estratégico atua na organização.

BSC é uma abordagem estratégica de longo prazo sustentada num sistema de gestão, comunicação e medição da performance, cuja sua implementação permite criar uma visão partilhada dos objetivos a atingir a todos os níveis da organização.

Contrastando com os sistemas de medição tradicionais baseados exclusivamente na vertente financeira, o Balanced Scorecard direciona a organização para o seu sucesso no futuro, definindo quais os objetivos a atingir e medindo a sua performance a partir de quatro perspectivas distintas.

O BSC é considerado como um relatório que combina elementos financeiros e não financeiros, um método crítico para medir a criação de valor a longo prazo. Mostra-nos qual a criação de valor durante um determinado período de tempo. É um instrumento de medida que inclui todos os fatores críticos de sucesso, e não apenas os indicadores financeiros.

Algumas características do bsc

O Balanced Scorecard tem algumas características que referimos de seguida:

  • a missão e a estratégia da empresa são transformadas em objetivo e indicadores organizados em diferentes perspectivas: financeira, clientes, processos internos e aprendizagem e crescimento;
  • proporciona uma estrutura e uma linguagem para comunicar a missão e a estratégia, concentrando-se em fatores que criem valor em longo prazo;
  • os indicadores são utilizados para informar os colaboradores sobre as causas do êxito presente e futuro;
  • dá ênfase à prossecução dos objetivo financeiros, mas também inclui os indutores de ação para alcançar esses objetivo;
  • complementa os indicadores financeiros da atuação passada, com os indutores da atuação futura.

O BSC e a estratégia

Kaplan e Norton (1996), defendem que os melhores Balanced Scorecard são algo mais que uma coleção de indicadores críticos ou fatores críticos de sucesso. Um Balanced Scorecard devidamente construído deve incorporar um conjunto de relações causa-efeito entre variáveis chaves expressas em indicadores. Ou seja, a sua elaboração deve conter a estratégia da organização. Deve-se identificar e explicar muita bem a seqüência das hipóteses e suas relações de causa efeito, entre os indicadores dos resultados e os indutores da atuação desses resultados.

A proposta do Balanced Scorecard, modelo desenvolvido e divulgado pelo Prof. Dr. Robert Kaplan e pelo Prof. Dr. David Norton, é construir um modelo científico para representar a estratégia empresarial de forma clara e objetiva. O modelo parte do princípio que há quatro perspectivas de atuação empresarial que influenciam na estratégia da empresa.

Apresentamos de seguida um esquema onde estas perspectivas são interligadas:


CONSTRUÇÃO DO BSC

A implantação do BSC exige um esforço importante de recursos, quer sejam eles econômicos, materiais, temporais e humanos. Muito embora a sua implantação possa ser um sucesso, é muito