Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Subsistema de Provisão de Recursos Humanos

Trabalho por Rosemar Ferreira Dias, estudante de Administração @ , Em 28/11/2004

5

Tamanho da fonte: a- A+

SUBSISTEMA DE PROVISÃO DE RECURSOS HUMANOS


Os processos de provisão estão relacionados com o suprimento de pessoas para a organização. São os processos responsáveis pelos insumos humanos e envolvem todas as atividades relacionadas com pesquisa de mercado, recrutamento e seleção de pessoas, bem como sua integração às tarefas organizacionais. Os processos de aprovisionamento representam a porta de entrada das pessoas no sistema organizacional. Trata-se de abastecer a organização dos talentos humanos necessários a seu funcionamento.

Para entender como funcionam os processos de provisão, devemos compreender como funciona o ambiente em que a organização está inserida e como eles localizam e buscam as pessoas para fazerem parte de seu sistema.


O AMBIENTE ORGANIZACIONAL

Toda organização opera dentro de um ambiente em que existem outras organizações.

De todos esses múltiplos aspectos do ambiente, interessa-nos especificamente o fato de que os recursos humanos ingressam e saem do sistema, gerando uma dinâmica particular que veremos adiante.

Mercado de recursos humanos e mercado de trabalho.

Inicialmente o conceito de mercado apresenta três aspectos importantes:

  • Uma dimensão de espaço: todo mercado é caracterizado por uma área física, geográfica ou territorial. Localidades diferentes traduzem mercados diferentes.
  • Uma dimensão de tempo: todo mercado depende de uma época. Em épocas diferentes um mesmo mercado pode apresentar características diferentes.
  • Uma dimensão de oferta e de procura: todo mercado se caracteriza pela oferta e disponibilidade de algo e, simultaneamente, pela procura e demanda de algo.

Em termos de provisão de recursos humanos, existem dois tipos de mercados bem distintos, porém, estreitamente entrelaçados e inter-relacionados; o mercado de trabalho e o mercado de recursos humanos.


MERCADO DE TRABALHO

O mercado de trabalho é constituído pelas ofertas de trabalho ou de emprego oferecidas pelas organizações, em determinado lugar e em determinada época. É definido pelas organizações e suas oportunidades de emprego. Quanto maior o número de organizações, em determinada região, tanto maior o mercado de trabalho e seu potencial de disponibilidades de vagas e oportunidades de emprego.

Emprego significa a utilização do trabalho humano. É a situação da pessoa que trabalha para uma organização ou para outra pessoa em troca de remuneração. Já o desemprego significa a parcela da força de trabalho disponível que se encontra sem emprego.

O mercado de trabalho funciona em termos de oferta e procura, ou seja, disponibilidade de empregos e demanda de empregos.

Formamos abaixo três possíveis situações do mercado de trabalho;

Oferta maior que a procura;

É uma situação e que ocorre acentuada disponibilidade de emprego: há excesso de ofertas de emprego por parte das organizações e escassez de candidatos para preenchê-las. A situação de oferta de emprego acarreta as seguintes conseqüências para as organizações:

1. Fortes investimentos em recrutamento, resultando em volume de candidatos insuficiente ou abaixo do padrão de qualidade desejado.

2. Critérios de seleção mais flexíveis e menos rigorosos para compensar a escassez de candidatos.

3. Fortes investimentos em treinamento de pessoal para compensar a inadequação dos candidatos.

4. Ofertas salariais mais estimulantes para atrair mais candidatos, provocando distorções na política salarial das organizações.

5. Altos investimentos em benefícios sociais, tanto para atrair candidatos como para reter o pessoal existente, pois qualquer substituição torna-se demorada e arriscada.

6. Ênfase no recrutamento interno- como meio de fixar o pessoal—e dinamizar planos de carreiras.

7. Forte concorrência entre as organizações que disputam o mesmo mercado de recursos humanos.

8. Os recursos humanos transformam-se em um recurso difícil e escasso, merecendo cuidados especiais.

E seguintes influências para os candidatos;

  • Excesso de vagas e de oportunidades de empregos no mercado de trabalho.
  • Os candidatos