Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Delegação e Descentralização nas Empresas

Trabalho por Evânio Dias de Lunas, estudante de Administração @ , Em 22/04/2003

5

Tamanho da fonte: a- A+

DELEGAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO NAS EMPRESAS


DELEGAÇÃO DE AUTORIDADE

A principal finalidade da delegação é tornar possível a organização. Da mesma forma que nenhuma pessoa sozinha dentro de uma empresa pode realizar todas as tarefas necessárias para consecução de uma finalidade grupal, também é impossível, à medida que a empresa cresce, para uma só pessoal exercer toda a autoridade para a tomada de decisões. Existe um limite para o numero de pessoas que um administrador pode supervisionar com eficácia e para as quais ele pode tomar decisões. Uma vez ultrapassado esse limite, a autoridade tem que ser delegada a subordinados que tomaram decisões dentro da área de obrigação que lhes foi designada.


O QUE SIGNIFICA DELEGAR

Delegar é a parte essencial de um administrador hoje em dia. Delegar é dar a outra pessoa uma tarefa cuja responsabilidade, em ultima instância, cabe a quem delega. Essa tarefa pode ser de pequenos afazeres cotidianos de uma empresa, como organizar confraternizações ou entrevistar o candidato para uma vaga, a trabalhos tais como liderar uma equipe que esta desenvolvendo um novo produto. A analise da estrutura e uma empresa revela uma complexa teia de "autoridades delegadas", geralmente na formula de cadeias de gerentes, e provê a organização um mecanismo para obtenção de informações e para controle.

Os aspectos básicos do ato de delegar são autonomia e controle. Até onde o "delegado" pode exercer autoridade sem consultar seu superior? Até que ponto o superior pode influenciar diretamente o trabalho? Ao escolher a que delegar, você esta supondo que aquela pessoa é capaz de realizar uma determinada tarefa com as ferramentas disponíveis. Depois da escolha você deve garantir que o encarregado tenha autonomia suficiente para realizar a tarefa ao seu modo, obedecendo a orientação preliminar e fornecendo regularmente relatórios sobre a evolução do trabalho.

Delegar é uma função permanente de responsabilidade integral do gerente. O processo começa com a seleção das tarefas que o gerente pode e deve transferir para outros. Depois, é necessário definir os parâmetros para a execução de cada uma, o que ajuda a escolher a pessoa apropriada e transmitir instruções precisas. Qualquer que seja o trabalho, dar uma orientação precisa é essencial. Alguma forma de monitoramento também é essencial, mas deve ser usada somente para supervisionar e direcionar o trabalho sem interferir diretamente. O estagio final é o da avaliação. Como foi o desempenho do funcionário? Que modificações devem ser feitas nos dois lados da delegação, para melhorar a eficiência?

 

POR QUE DELEGAR?

Delegar tarefas traz uma serie de benefícios. Quando você reduz a sua carga de trabalho, aumenta o tempo disponível para se dedicar às funções essências de gerencia. Seu pessoal fica mais motivado e o nível de estresse diminui.

Planejamento estratégico, controle e treinamento estão entre as atividades de alto nível que podem ser delegadas e causaram grandes influencia na rotina diária. Quanto mais você delega, mais experiência seu pessoal adquire e menos tempo você perde orientando e treinando.

 

COMO DELEGAR?

Para que a delegação funcione satisfatoriamente é necessário obedecer a alguns requisitos básicos. Assim, antes de efetivar a transferência de poder, é necessário que o Administrador:

  • Só delegue autoridade e responsabilidade a quem tenha capacidade
  • Se reserve tempo para tirar dúvidas dos funcionários durante o processo de delegação
  • Só delegue o que não fuja ao seu controle, definindo com os subordinados como se fará o acompanhamento.
  • Aproveite eventuais erros para treinar os subordinados.
  • Atribua inicialmente uma pequena escala de autoridade na delegação
  • Promova motivação, treine e estimule a iniciativa dos