Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

BULLYING NO AMBIENTE ESCOLAR

Trabalho por VERA LUCIA DAMACENA LEANDRO, estudante de Pedagogia @ , Em 09/08/2010

5

Tamanho da fonte: a- A+

BULLYING NO AMBIENTE ESCOLAR

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS
UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CRIXÁS

RESUMO

Este trabalho refere-se ao desenvolvimento da violência dentro das escolas em forma de bullying. Sendo o mesmo um problema mundial, encontrado em qualquer escola, não se restringindo a um tipo específico de instituição. As atitudes de bullying trazem consequencias negativas para os autores, vítimas e testemunhas, afetando sua formação psicológica, emocional e sócio-educacional. O bullying ocorre em todas as dependências das escolas, como dentro das salas de aulas, no pátio, nos banheiros, corredores e no Brasil com maior frequência na sala de aula. A família e a escola têm o papel fundamental em prevenir o bullying. Ambas devem agir com atitudes pontuadas no amor, no diálogo, na justiça e na solidariedade. No Brasil, já foi registrados algumas tragédias em escolas, tendo o bullying como causa principal, por esse motivo, vem sendo desenvolvidos projetos de organizações não governamentais anti-bullying em várias instituições escolares.

Palavras-chave: Bullying, agressor, vítima, escola, família.

LISTA DE ABREVIATURA

ABRAPIA – Associação Brasileira Multiprofissional de Proteção à Infância e à Adolescência
CEMEOBES – Centro Multidiscipliminar de Estudos e Orientação sobre o bullying

SUMÁRIO

Índice
INTRODUÇÃO

CAPÍTULO l
1. Bullying: Abordagens Históricas - Segundo FANTE 2005
1.1 Bullying direto e indireto
1.2 Protagonistas do bulliyng
1.3 Autor do bullying
1.4 Vítimas do bullying
1.5 As testemunhas do bullying
1.6 Bullying entre professor e aluno
1.7 Identificação dos envolvidos
1.8 Onde ocorre o bullying no ambiente escolar

CAPÍTULO II
2. As consequências do bullying
2.1 Papel da família
2.2 Papel da escola
2.3 Como a escola deve denunciar os casos de bullying?
2.4 Programas de redução do bullying no Brasil

CAPÍTULO III
3. Pesquisando condutas de bullying nas escolas de Crixás-Go

CONSIDERAÇÕES FINAIS
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

INTRODUÇÃO

O tema escolhido é de suma importância nos dias atuais, mediante se questiona ao problema sobre as brincadeiras de forma intencional e repetitivas que ocorre nas escolas, intimidando as vítimas, trazendo consequências, desastrosas, no aprendizado do aluno nas escolas. O trabalho se tem como objetivo geral discutir as situações de violências oriundas do bullying na tentativa de reduzir sua continuidade no ambiente escolar. E se justifica, por ser o bullying um problema mundial, como uma brincadeira própria do amadurecimento da criança, porém, com interpretação equivocada, a prática vem se alastrando cada vez mais no ambiente escolar, trazendo como conseqüência o desrespeito, o preconceito pelo próximo, causando uma extrema dificuldade na aprendizagem do aluno.
Portanto, a pesquisa possibilita a escola conhecimento científico e prático, que possa prevenir e diminuir as condutas de bullying no ambiente escolar. Ao contrário da violência, incentivar a solidariedade, o respeito, o diálogo e a valorização das diferenças culturais.
Entende-se que o bullying é uma ferramenta grosseira de desconstrução, e precisa ser combatido. No trabalho de pesquisa foi utilizado uma pesquisa bibliográfica e uma pesquisa de campo de caráter quantitativo. Para o desenvolvimento desse trabalho foram pesquisados alguns autores como Cleo Fante, Gabriel Chalita, Pedra e o site da ABRAPIA.
No primeiro capítulo, foi feito uma abordagem histórica sobre o bullying, conceituando-o como todos os atos de violência física ou psicológica intencional e repetitiva, e como ele se apresenta.

No segundo capítulo foi feito uma reflexão sobre as conseqüências referentes ao bullying, que são inúmeras e variadas, afetando todos os envolvidos e em todos os níveis de idade. Abordamos também o papel da família e o papel da escola frente ao bullying, como a escola deve denunciar os casos de bullying e o os programas de redução do anti-bullying no Brasil.
No terceiro capítulo foi feita uma análise sobre o resultado da pesquisa de campo, das condutas de bullying, realizada nas escolas de Crixás.

CAPÍTULO l

BULLYING: ABORDAGEM HISTÓRICA - Segundo Fante 2005