Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Os Índios

Trabalho por Igor Fecury Lima, estudante de Diversos @ , Em 22/04/2003

5

Tamanho da fonte: a- A+

Os Índios

As armas

Os nativos sempre fabricavam seus instrumentos e suas armas, como: arcos, flechas envenenadas, lanças, tacapes e bordunas.

Os guerreiros

Os guerreiros pintavam o corpo de vermelho, as cores da guerra. Muitos cobriam de penas de águia ou gavião, e usavam uma máscara de pena de tucano no rosto. Os mbaiás vestiam um colete de couro de onça pôr acreditarem que assim ganhariam a coragem do animal.

Mitos e lendas

Os índios Maués viviam muito bem: as colheitas eram fartas e a pesca era abundante. Eles atribuitam a um curumim da tribo. Quando ele morreu, os índios lamentaram tanto que o deus Tupã determinou: " Tirem os olhos das crianças. Plantem, reguem com lágrimas. Deles nascerá a planta da vida, que fortalecerá os jovens e revigorará os velhos." Assim nasceu o guaraná.

Lendas para a vida

A morte é enfrentada com várias lendas.

Para explicar a morte nas águas, existe a Lara, metade mulher, metade peixe, que atrai os homens para o fundo de rios e lagoas, com seu canto irresistível.

Para os índios Bororós, a morte é causada pôr espíritos maus, representados pela onças. Pôr isso caça-las e usar colares feitos com suas garras ou dentes é uma maneira de vingar a morte de algum parente ou amigo querido.

Regras

A guerra seguia uma ordem.

Tudo começava com a proposta de luta, que deveria ser aprovada pelo Conselho de Anciãos e pelo Pajé.

Depois, escolhia-se um líder. Entre os mbaiás a cada expedição guerreira era eleito um chefe novo e jovem. Antes de partirem, havia as homenagens à mãe do jovem, quem cantava as vitórias dos ancestrais para encorajar o rapaz.

A vida na aldeia

A natureza está sempre presente na vida dos índios. As aldeias, cercadas pelas florestas, mostram como é o equilíbrio entre o homem e a mata. Nelas, a caça e a pesca são recursos de sobrevivência.