Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Monografia: A Avaliação da Aprendizagem Escolar

Trabalho por Eliezer de Jesus Vieira, estudante de Letras @ , Em 25/09/2009

5

Tamanho da fonte: a- A+

Monografia: A Avaliação da Aprendizagem Escolar

Faculdades Integradas Módulo
2004

 

 



Resumo

O presente trabalho propôs relatar as práticas avaliativas que vem ocorrendo no processo educativo. Assim como, as conseqüências que tais praticas acarretam, principalmente, para a classe social menos favorecida. Buscou-se também o auxilio de teóricos para embasar as afirmações contidas no presente trabalho. No primeiro capítulo foi abordada a prática da avaliação utilizada como uma pedagogia de exame, voltada para a preparação do vestibular. Sendo que todos envolvidos no processo educativo estão centrados nos resultados das provas e exames, se preocupando com a promoção ou retenção, fracasso ou êxito. Ainda no primeiro capítulo foi exposto questionamentos a respeito da pedagogia autoritária, geralmente a mais utilizada porque serve e garante um modelo social conservador e em contrapartida a pedagogia democrática, que vem emergindo através do pensamento de educadores que buscam um novo modelo social, com o objetivo que ocorra a transformação e conscientização cultural e política fora dos muros da escola.

Sendo necessário o envolvimento dos profissionais da educação para a mudança na prática educativa, especificamente da avaliação da aprendizagem escolar para que ocorra a transformação social. No segundo capítulo foram levantados questionamentos sobre a interferência e o controle das oportunidades educacionais. A avaliação instrumento de dominação e classificação dos educandos, no sentido mais conveniente à manutenção da hierarquia social. No terceiro capitulo foram abordados questionamentos a respeito de como o professor deve conduzir a avaliação, onde ele deveria ter uma postura que favoreça o aluno nos seus momentos de dúvidas e erros. No quarto capítulo foi exposta a avaliação tradicional, que empobrece as aprendizagens, e cria alunos modelos de acordo com o que deseja na classe dominante. Em contrapartida, a avaliação formativa, que favorece o desenvolvimento intelectual dos alunos em suas particularidades.

Baseado nessas pesquisas conclui-se que a avaliação deve ser feita com responsabilidade e conduzida com reflexões que aprimore o trabalho dos professores e o aprendizado dos alunos.

Palavras-chave: Avaliação, Educação e Transformação.

 

Sumário

Introdução
1. A Prática da Avaliação com fins Quantitativos e Seletivos
1.1 Avaliação: pedagogia autoritária ou pedagogia democrática
2. Como a Sociedades Interfere no processo de Avaliação
2.1 Avaliação como instrumento de Dominação e Classificação
3. Papel e Função do erro na Avaliação Escolar
4. Avaliação Tradicional e Avaliação Formativa
Conclusão
Referências Bibliográficas

 

Introdução

Este trabalho tem como objetivo discutir e analisar o processo de avaliação que ocorre na escola na visão de Hoffmann, Luckesi, Perrenoud, Hadji e Romão.

Propõe- se ressaltar a importância da mudança no sistema escolar e também a transformação da ideologia de grupos sociais que controlam o processo educacional e conseqüentemente a avaliação da aprendizagem escolar. É procurar inserir a escola num contexto escolar mais autônomo e exercer uma pedagogia diferenciada voltada para o desenvolvimento do aluno em suas dificuldades, para que ele possa no futuro fazer à aplicabilidade do que aprendeu na sociedade, exercendo uma cidadania de maneira crítica e reflexiva. A avaliação é um dos pontos mais importantes no processo educativo, sendo também a essência da progressão individual, pois é a partir dela que o professor vai poder rever sua prática, auxiliar os educandos em suas dificuldades e participar ativamente para a transformação social tão almejada.

O primeiro capítulo trará reflexões sobre a atual prática de avaliação escolar que vem sendo utilizada como fins quantitativos e seletivos, além de especificar as suas implicações sociológicas, políticas, educacionais e pedagógicas.

Embora a avaliação da aprendizagem seja um tema que vem sendo objeto de constantes pesquisas e estudos, ainda predomina os procedimentos tradicionais, seja pela força da inércia, temor em relação ao novo ou mesmo imposição de um projeto educacional que é