Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Figuras de Linguagem

Trabalho por rodrigo garcia tschiedel, estudante de Letras @ , Em 02/07/2008

5

Tamanho da fonte: a- A+

Figuras de Linguagem


2008

 

- Metáfora
1º O pavão é um arco-íris de plumas.
2º Toda profissão tem seus espinhos.
3º Lá fora, a noite é um pulmão ofegante. (Fernando Namora)
4º Cai a tinta da treva sobre o mundo. (Dante Milano)

- Elipse
1º João estava com pressa. Preferiu não entrar.
2º As mãos eram pequenas e os dedos delicados.
3º Caçam todos os animais que podem. (Gustavo Barros)

- Pleonasmo
1º Foi o que vi com meus próprios olhos.
2º Os impostos são necessários pagá-los.
3º A mim resta-me a independência para chorar.

- Polissíndeto
1º Por que é a beleza vaga e tênue.
2º Mão gentil, mas cruel, mas traiçoeira. (Alberto de Oliveira)
3º Trejeita, e canta, e ri tênue, falaz e vã e incauta e inquieta? (Cabral N.)

- Anacoluto
1º Pobre, quando come frango, um dos dois está doente.
2º Eu não me importo a desonra do mundo. (Camilo Castelo)
3º Urubu, quando é caipira, o de baixo suja o de cima. (Castelo Branco)

- Onomatopéia
1º Tíbios flautins finíssimos gritavam. (Olavo Bilac)
2º Troe e retroe a trompa. (Raimundo Correia)
3º Vozes veladas, veludosas vozes. (Cruz e Sousa)

- Eufemismo
1º Fulano foi desta para melhor. = morreu
2º Rafael contraíra o mal-de-lázaro. = a lepra
3º Na cidade a escolas para crianças excepcionais. = retardadas

- Inversão
1º Passarinho desistiu deter.
2º Justo ela diz que é, mas eu não acho não.
3º Tão leve estou, que já nem sombra tenho.

- Hipérbole
1º Os cavaleiros não corriam, voavam.
2º Quase morri de tanto rir.
3º Estou um século a sua espera.

- Antítese
1º A areia, alva está agora preta, de pés que pisam.
2º Como era possível beleza e horror, vida e morte harmonizarem-se assim no mesmo quadro.
3º Quando a bola saía, entravam os comentários dos torcedores.