Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

A Importância da Leitura e Diretrizes para a leitura, Análise e Interpretação de Textos

Trabalho por Silvany Cardim, estudante de Comunicação @ , Em 22/04/2003

5

Tamanho da fonte: a- A+

A Importância da Leitura e Diretrizes para a leitura, Análise e Interpretação de Texto


1. SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. 21 ed. Ver. amp., São Paulo: Cortez, 2000. P. 47-59

2. ANDRADE, Ma. Margarida de. Introdução à Metodologia do Trabalho Científico. 3 ed., São Paulo: Atlas, 1998. P.15-21


Comparação dos Textos:

A Importância da Leitura e Diretrizes para a leitura, Análise e Interpretação de Texto

Embora de maneira diferente, os dois textos abordam o mesmo assunto.


O texto

A Importância da Leitura pode ser considerado um manual para principiantes em graduação, que através de uma linguagem clara e objetiva nos mostra que o ato de ler exige uma consciência crítica , sistemática, adquiridos através da prática. Afirma que a leitura não deve ser confundida com o simples ato de descodificar sinais gráficos, pelo contrário, é necessário passar pelos planos da intelecção, da interpretação para finalmente chegar a aplicação, podendo ser: icônica, gestual, sonora, além de ter o código verbal, tem como finalidade três tipos específicos: formativa, que está ligada à cultura geral, às notícias e informações genéricas; distração ou entretenimento e laser, dispensando comentários; e a informativa, que deve seguir fases distintas, a leitura de reconhecimento ou pré-leitura, que é uma visão global do assunto para verificar a existência das informações úteis para o seu objetivo especifico, a leitura seletivas ou seja, seleciona as informações pertinentes à elaboração do trabalho, a leitura critica ou reflexiva que compreende reflexão, comparação diferenciação e julgamento das idéias do texto e a interpretativa que foi subdividida em três fases: identificação das informações, correlacionamento das informações identificadas com problema a ser investigado, julgamento da veracidade das mesmas. Orienta também a respeito dos vários tipos de análise de textos: a análise textual, a análise temática e a análise interpretativa definindo cada uma. Em alguns momentos faz citações de outros autores. Traz também ilustrações confirmando sua opinião.

Diretrizes para a Leitura é um texto sistematizado com o objetivo de fornecer informações para uma melhor assimilação de textos teóricos, possibilitando uma leitura mais rica e proveitosa, já que os maiores obstáculos do estudo e da aprendizagem de todo acadêmico, está diretamente relacionada com a dificuldade encontrada na exata compreensão destes textos. Fornece algumas diretrizes metodológicas delimitando uma unidade de leitura, devendo ser feitas por etapas, possibilitando por fim, a construção de uma raciocínio global, obedecendo a algumas etapas de análises : 1 - A Análise Textual, que consiste em buscar informações a respeito do autor do texto, verificar o vocabulário, entre outros, podendo ser finalizada com uma esquematização do texto, tendo como finalidade apresentar uma visão de conjunto da unidade; 2 – Análise Temática, procura ouvir o autor , apreender, sem intervir, fazendo ao texto uma série de perguntas, onde as respostas fornecem o conteúdo da mensagem; 3 – Análise Interpretativa, visa a interpretação, segundo situações das idéias do autor, faz-se uma leitura analítica, objetivando amadurecimento intelectual; 4 – Problematização, visa o levantamento do problema relevante, para a reflexão pessoal e discussão em grupo; 5 – Síntese Pessoal , consiste na construção lógica de uma redação, baseada na problemática levantada pelo texto; E por fim conclui valorizando a leitura analítica como responsável no desenvolvimento de posturas lógicas na vida do estudante-leitor.