Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Meio Ambiente - Projeto Preservando a Natureza

Trabalho por Magda Luiza de Oliveira, estudante de Pedagogia @ , Em 23/03/2007

5

Tamanho da fonte: a- A+

Meio Ambiente - Projeto Preservando a Natureza

UNIARAXÁ
2007

 

APRENDENDO SOBRE O MEIO AMBIENTE

1. Problematização:

É na Educação Infantil que a criança constrói os primeiros conhecimentos, baseados na realidade que a cerca. A estimulação de atividades espontâneas proporciona um grande desenvolvimento do conhecimento lógico-matemático e, capacidade para agir às diferentes situações que enfrenta.

Nesse ambiente, a criança observa como os seres e objetos reagem às suas ações e, sobretudo, desenvolvem vários tipos de percepção. Assim sendo, nesta fase de descobertas propomos então, a seguinte questão: Por que proteger a natureza?

2. Justificativa:

Vemos através dos noticiários, que o meio ambiente pede socorro. O crescimento desordenado das cidades, o lixo espalhado poluindo o ar, água, solo; a extinção de animais e plantas são alguns impactos ambientais que preocupam não só as autoridades governamentais, mas, todos os cidadãos. Precisamos orientar as crianças a conhecer, respeitar e preservar a natureza, utilizando-a de maneira racional, sem destruí-la.

3. Objetivos:

Geral:

- Sensibilizar as crianças sobre a beleza da natureza e, o que a tem destruído.

Específicos:

- Abranger um enfoque interdisciplinar no “maternal”, em relação às áreas de português (linguagem oral e escrita, matemática, ciências, estudos sociais e artes);

- Desenvolver o processo da linguagem oral;

- Identificar e trabalhar conceitos matemáticos tais como: diferenças e semelhanças; quantidades (mais, menos, iguais);

- Observar experimentos simples, como a germinação (plantar feijão no algodão);

- Conhecer a questão da poluição do ar, da água, da conservação da natureza (ecologia);

- Descrever o ambiente em que vive, gosta mais da cidade ou do campo;

- Desenvolver a criatividade, trabalhar artes a partir da reciclagem.

4. Metodologia:

- Trabalhar texto informativo sobre poluição, conhecendo alguns conceitos de lixo, como a coleta seletiva que ajuda na preservação da natureza;

- As atividades de rodinha, em conversa informal, com as crianças organizando perguntas e estimulando respostas com lógica e clareza ou vice-versa;

- Discutir na rodinha: Há animais: grandes e pequenos, com pêlos, com penas, com escamas. Onde vivem os animais? No alto das árvores? Embaixo da terra? Sobre a terra? No ar? No mar?

- Contar a estória: “João e o Pé de Feijão”, estimulando atenção e a socialização em ouvir e reproduzir estórias;

- Explicar a importância das plantas, associando com a atividade da germinação do grão de feijão;

- Decorar a sala de aula, com pinturas, colagens e recortes diversos, trabalhados tanto de forma coletiva, quanto individual;

- Produzir mural coletivo, desenvolvendo o respeito ecológico, mostrando que o sol, a água, a terra, os animais e as plantas fazem parte da natureza;

- Resgatar o gosto por cantigas (õ xalalá lá ô, o sapo, a cobra não tem, caranguejo não é peixe...);

- No desenrolar do tema proposto, sugerir um passeio na praça (piquenique), reconhecendo insetos, flores, vegetação rasteira e árvores;

- Valorizar o passeio com brincadeiras populares como: Amarelinha/caracol/vamos passear na floresta, enquanto o seu lobo não vem... /macaco disse: abaixar a cabeça, levantar um braço, inclinar-se para frente, levantar os ombros, balançar uma perna, arrastar os pés, imitar as flores ao vento, imitar as ondas do mar...;

- Enfim, conscientizar e perceber a importância de cada ser vivo e se valorizar a preservação do meio ambiente como fonte de vida saudável.

5. Culminância:

Teatro: A borboleta e seus inimigos (apresentado pelas estagiárias).

6. Avaliação:

Ocorrerá nas observações das atividades desenvolvidas: envolvimento, participação, compreensão. A avaliação contará com um processo cumulativo/qualitativo, no que diz respeito à organização de conhecimentos necessários e mudanças de atitudes para atingir a meta de conscientização ambiental. Todavia as atividades serão dosadas, ao nível de cada criança; não devendo ser exploradas de uma só vez.