Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Combate e Prevenção de Incêndio

Trabalho por Anônimo, estudante de Diversos @ , Em 24/11/2006

5

Tamanho da fonte: a- A+

COMBATE E PREVENÇÃO DE INCÊNDIO


"QUEM CONHECE O OUTRO É INTELIGENTE".

QUEM CONHECE A SÍ MESMO É ILUMINADO.

QUEM VENCE O OUTRO É FORTE.

QUEM VENCE A SÍ MESMO É INVENCÍVEL."

Autor: Lao Tse, considerado o criador do taoísmo. Viveu na China no século VII a. C.

Aplicação: Os conflitos estão dentro de nós. Em vez de lutar por seus desejos, e ficar a mercê dele, domestique-os.


Agradecimentos

Ao grandioso Deus, que capacitou-nos e proporcionou-nos saúde e intelecto para que este trabalho fosse realizado e, também, a nossos familiares e amigos que nos incentivaram, em especial àqueles que não puderam oportunizar das mesmas condições para realizarem tal feito.


1. INTRODUÇÃO

O fogo é indiscutivelmente uma essencial necessidade da vida moderna, assim como foi para nossos antepassados. Na idade da pedra, já era conhecido e usado para aquecimento das cavernas.

Figura 1 – Fogo (www.joselaerciodoegito.com.br)

Atualmente ele participa diretamente no desenvolvimento e no progresso mundial, quer na indústria ou em nossos lares. Contudo, o fogo deve ser controlado, porque no fugir do nosso controle, transforma-se num grande inimigo e pode ser destruidor incalculável.

O primeiro prejuízo é que ele afeta o ser humano causando graves ferimentos e até a morte.

Em segundo lugar, destacamos as perdas econômicas, que influem na potencialidade econômica das nações, gerando desemprego e perda da produtividade.

Podemos destacar ainda, o mal social que ele causa (exemplo: os grandes incêndios do Joelma e Andraus e Grande Avenida em São Paulo e o de Vila Socó em Santos, onde morreram muitas pessoas); danos na fauna e flora (incêndios florestais) e perdas de patrimônios.

Perante todas essas conseqüências apresentadas, procuraremos neste trabalho, conhecer a natureza do fogo, os meios de prevenção e proteção contra incêndios e as técnicas necessárias de combate para evitar a sua propagação.


2. OBJETIVOS

A maioria das grandes tragédias provocadas pelo fogo começa por um pequeno descuido de apenas uma pessoa.

Uma ponta de cigarro mal apagada, um ferro de passar roupa, ligado e esquecido, é o que basta.

Afora um acidente, o incêndio é provocado por negligência. Alinhamos neste trabalho uma série de esclarecimentos sobre o fogo, sua propagação, conselhos para prevenção contra incêndios e atitudes a serem tomadas na iminência, início ou durante um incêndio.

Para o seu bem, para o bem de sua família e da coletividade, leia e divulgue o conteúdo deste trabalho.

Conceitua-se incêndio como a presença de fogo em local não desejado e capaz de provocar, além de prejuizos materiais: quedas, queimaduras e intoxicações por fumaça.

O fogo, por sua vez, é um tipo de queima, combustão ou oxidação; resulta de uma reação química em cadeia, que ocorre na medida em que atuem: a) combustível, b) oxigênio, c) calor e d) continuidade da reação de combustão.


3. TEORIA DA COMBUSTÃO

Combustão é um processo de oxidação rápida auto sustentada, acompanhada da liberação de luz e calor, de intensidade variáveis. Os principais produtos da combustão e seus efeitos à vida humana são:

3.1. GASES (CO, HCN, CO2, HCl, SO2, NOx, etc., todos tóxicos);

3.2. CALOR (pode provocar queimaduras, desidratação, exaustão, etc.);

3.3. CHAMAS (se tiverem contato direto com a pele, podem provocar queimaduras); e

3.4. FUMAÇA (a maior causa de morte nos incêndios, pois prejudica a visibilidade, dificultando a fuga).

Para que ocorra a combustão são necessários:

  • Material oxidável (combustível)
  • Material oxidante (comburente)
  • Fonte de ignição (energia) e
  • Reação em cadeia

Combustível é o material oxidável (sólido, líquido ou gasoso) capaz de reagir com o