Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

A Importância da Organização nas Empresas

Trabalho por Marli Santana Oliveira, estudante de Administração @ , Em 29/10/2006

5

Tamanho da fonte: a- A+


INTRODUÇÃO

Desde o século XX os princípios da administração foram enfocados em objetivos sociais, deixando de lado a engenharia ou lucro para se trabalhar mais com a necessidade do homem, seu espaço, seu emocional e sua satisfação pessoal ligada a profissional. Podemos ver a teoria administrativa em dois momentos: A administração neoclássica e a contemporânea.

A administração neoclássica e cientifica, surgida no século XX, tendo Hanri Fayol (1841-1925) como fundador da Teoria Clássica e Frederick Winslow Taylor (1856-1915) como fundador da administração, tinha como base das suas pesquisas os operários, usando a racionalização do trabalho como ponto de partida dando ênfase ao bem estar dos mesmos. Nos semestres a seguir veremos mais a fundo como Taylor e Fayol realizavam suas pesquisas.

A administração contemponea baseia-se nos princípios da clássica, seja como ponto de partida ou como critica para tentar uma posição diferente, temos como exemplo os princípios: Prever, organizar, comandar, coordenar e controlar que Fayol baseava-se e que hoje são os elementos da administração que constitui o chamado processo administrativo.

Atualmente as funções universais da administração são:

Previsão – Envolve a avaliação do futuro e o aprovisionamento em função dele.

Organização – Proporciona todas as coisas úteis ao funcionamento da empresa e pode ser dividida em organização material e organização social.

Comando - Leva a organização a funcionar. Seu objetivo é alcançar o Maximo retorno de todos os empregados no interesse dos aspectos globais.

Coordenação - Harmoniza todas as atividades do negocio, facilitando seu trabalho e sucesso. Ela sincroniza coisas e ações em suas proporção certas e adapta os meios aos fins.

Controle - Consiste na verificação para certificar se todas as coisas ocorrem em conformidade com o plano adotado, as instruções transmitidas e os princípios estabelecidos. O objetivo é localizar as franquezas e os erros no sentido de retificá-los e prevenir a recorrência.


1. A NECESSIDADE DA ORGANIZAÇÃO NAS EMPRESAS

Observando esses dados podemos dizer que o mundo atual é formado de organizações. Todas as atividades voltadas para a produção ou para a prestação de serviço são planejadas, coordenadas, dirigidas e controladas dentro de organizações. Todas as organizações são constituídas de pessoas e de recursos não-humanos (recursos físicos e materiais, financeiros, tecnológicos, mercadológicos etc). A vida das pessoas depende das organizações e vice-versa. As organizações são extremamente heterogenias e diversificadas, de tamanhos diferentes, de características e estruturas diferentes. À medida que uma organização cresce, ela tende a se diferenciar e a especializar cada vez mais as unidades que compõe a sua estrutura organizacional, realizando assim um tipo de divisão que podemos chamar de estrutura organizacional ou departamentalização. È um termo antigo, porém vem se especializando a cada dia com novas abordagens sobre como dividir e organizar as empresas.

Alguns tipos de departamentalização são deixados para trás por causa das novas exigências de organização das empresas, hora em setores ora em distribuições funcionais, métodos de atendimento a clientes, etc. E outros são incorporados para realizarem o trabalho com eficiência e eficácia. No nosso Seminário focalizaremos o uso da departamentalização, mostrando como esse método de organização evoluiu e quais suas etapas que foram deixadas para trás e as que atualmente são utilizadas nas médias e grandes corporações.


2. A DEPARTAMENTALIZAÇÃO

Departamentalização é o agrupamento, em departamentos, de acordo com um critério específico de homogeneidade, das atividades e correspondente recursos (humanos, financeiros, materiais e equipamentos) em unidades organizacionais.

Existem diversas maneiras básicas pelas quais as organizações decidem sobre a configuração organizacional que será usada para agrupar as várias atividades. O processo organizacional de determinar