Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Estórias de Quem Gosta de Ensinar - Rubem Alves

Trabalho por Francielli Zampieri Nóra, estudante de Pedagogia @ , Em 09/10/2006

5

Tamanho da fonte: a- A+

Estórias de Quem Gosta de Ensinar - Rubem Alves


Sabemos que as escolas são instituições dedicadas à destruição das crianças. Algumas de forma delicada, que às vezes nem percebemos; mas o que interessa não é ensinar e sim torna-las meios de produção, pois em uma sociedade capitalista, o importante é os lucros obtidos. Sendo assim, cada criança ao entrar na escola deve ter em mente o que ela será quando crescer, os pais incentivam para que seus filhos sejam médicos, advogados, engenheiros... Pois lhe trará prestigio e muito respeito ter um filho médico. Pouco importa os sonhos dessas crianças, elas são manipuladas à realizarem os desejos de seus pais.

Muitas crianças estão indo às escolas para aprender lições de mundos que não lhes dizem respeito, estudam sobre civilizações que não existem mais, ou então acumulam dezenas de informações que nem sabem onde usar. Isso acontece porque alguns educadores se preocupam apenas em acrescentar conteúdos novos em seus planejamentos, sem se preocupar se aquilo será útil à realidade de seus alunos.

Nosso sistema educacional jamais pode ser igualado ao sistema de educação dos urubus, que se preocupavam apenas com suas becas e posturas elegantes. Todos os pássaros deveriam se comportar como os urubus, deveriam andar, comer como eles. Não respeitavam a individualidade de cada pássaro. Seguiam os ensinamentos dos mestres urubus.

Será que as escolas estão respeitando a individualidade de cada aluno ou os ensinamentos são passados de forma generalizada. A grande verdade é que as escolas alfabetizam as crianças e preparam os alunos para os vestibulares sem se preocuparem com a qualidade da educação.

Em uma sociedade repleta de urubus, lobos e cordeiros é cada vez mais difícil saber o que se deve ser feito para reformular o sistema educacional , pois os urubus educadores sempre afirmam saber tudo, os lobos que a cada dia dominam mais os cordeiros que, por sua vez, devem somente obedecer e nunca questionar, garantindo assim a sua sobrevivência em uma sociedade desleal.

Acontece que estão tentando fazer funcionar monjolos numa planície onde não existem quedas dágua.