Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Administração e Globalização - Impactos nas Organizações

Trabalho por andreia kitzberger, estudante de Diversos @ , Em 24/07/2006

5

Tamanho da fonte: a- A+

ADMINISTRAÇÃO E GLOBALIZAÇÃO

07/2006


RESUMO

Administração e Globalização desrespeitam ao estudo de fazer com que os futuros administradores de empresas possam preparar-se para o advento da globalização que vem destruindo as empresas que não se prepararam para uma mudança repentinas. È uma integração que vem ocorrendo nas mais diversas atividades de expressões existentes na sociedade mundial, como conseqüência estamos verificando o surgimento de enormes conglomerados financeiros e econômicos, devido ao avanço tecnológico a queda das dificuldades alfandegárias e a uma maior circulação dos capitais internacionais, gerando uma maior produtividade e por que não competitividade que tem ultrapassado as fronteiras dos países. Administração é a ciência que utiliza métodos e ações bem definidas no sentido de tomar decisões e estabelecer cursos focando: o planejamento, a organização, as decisões, a coordenação e o controle. A Globalização é um caminho alternativo para o Brasil, mas as conseqüências podem ser catastróficas.

Palavras – chave: Globalização; Administração; Organizações.


1 INTRODUÇÃO

Tem como objetivo fazer com que os futuros administradores de empresas possam preparar-se para o advento da globalização que vem destruindo as empresas que não se prepararam para uma mudança repentina como poderemos comprovar durante a pesquisa realizada.

O mundo começou a ficar globalizado, quando a tecnologia de informática se associava a tecnologia de telecomunicações e com queda das barreiras comerciais. Existe interligação acelerada dos mercados internacionais, possibilidade de movimentar grandes quantias de valores em segundos, é a "Terceira Revolução Tecnológica" (processamento, difusão e transmissão de informações).

No caso brasileiro, a abertura foi ponto fundamental no combate à inflação e para modernização da economia. Com mercado fechado, onde o produto importado ou não podia entrar ou entrava com preços muitos altos, por causa da tributação pesada, os fabricantes nacionais e mesmo os prestadores de serviços acabaram ficando numa situação de comodismo.

Faz uma abordagem geral sobre globalização, conceituação, origens e suas conseqüências; dá uma idéia de empresa multinacional e demonstra o papel da administração num mundo globalizado, tudo isto fruto de uma rápida pesquisa acrescida de uma visão particular do autor.


2 O QUE É GLOBALIZAÇÃO?

2.1 CONCEITO

Não existe uma afirmação exata para o termo globalização, no entanto ficamos com o seguinte parecer: é uma integração que vem ocorrendo nas mais diversas atividades de expressões existentes na sociedade mundial; como conseqüência estamos verificando o surgimento de enormes conglomerados financeiros e econômicos, devido ao avanço tecnológico a queda das dificuldades alfandegárias e a uma maior circulação dos capitais internacionais, gerando uma maior produtividade e por que não competitividade que tem ultrapassado as fronteiras dos países.

2.2 ORIGEM DA GLOBALIZAÇÃO

O processo de globalização ou de integração de econômica mundial que se registra na atualidade é o resultado da ocorrência de dois grandes acontecimentos. O primeiro deles diz respeito ao fim da guerra fria resultante do desmantelamento do sistema socialista no leste europeu liderado pela ex-União Soviética, fato este que gerou o fim do mundo bipolar inaugurado após a 2ª guerra mundial, propiciando assim a ampliação do sistema capitalista mundial, com a incorporação dos países de ex-bloco socialista, como também os países socialistas remanescentes como Cuba e China, abriram também suas economias ao capital estrangeiro.

O segundo acontecimento foi à exaustão do modelo de crescimento industrial que prevaleceu no pós-guerra, baseado na produção de bens de consumo duráveis, com tecnologia altamente cara, grande consumidora de energia e poluidoras de meio ambiente, fazendo com que se fizesse necessário a mudança de paradigmas tecnológico e de gestão empresarial visando a elevação de produtividade e margem de lucros, promovendo a integração das economias dos países desenvolvidos com a dos países em desenvolvimento.