Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Fatores que Influenciam as Reações Químicas

Trabalho por Susana Tesser, estudante de Farmácia @ , Em 26/11/2005

5

Tamanho da fonte: a- A+

FATORES QUE INFLUÊNCIAM AS REAÇÕES QUÍMICAS


Introdução

A velocidade de uma reação é a variação da concentração dos reagentes pela variação de uma unidade de tempo. As velocidades das reações químicas geralmente são expressas em molaridade por segundo ( M/s ).

A velocidade média de formação de um produto de uma reação é dada por:

Vm = variação da concentração do produto / variação do tempo

A velocidade da reação decresce com o tempo. A velocidade de formação do produto é igual a velocidade de consumo do reagente.:

Velocidade da reação = variação da concentração dos reagentes / variação do tempo

Os principais fatores que influenciam a velocidade das reações químicas são: luz, temperatura, forma de contato, concentração, estado nascente e catalisador.

a) Luz: Algumas reações são favorecidas pela luz. Ex: decomposição da água oxigenada.

b) Temperatura: Quanto maior a temperatura, maior o número de choques efetivos entre as partículas dos reagentes e, portanto, a velocidade da reação será maior.

Uma elevação na temperatura aumenta a velocidade de uma reação porque ocorre um aumento no número de moléculas dos reagentes com energia superior a energia de ativação.

Quanto menor for à energia de ativação de uma reação, maior será sua velocidade.

Para um choque ser efetivo é necessário que haja uma "geometria de colisão" e que as moléculas ao colidirem tenham energia suficiente para formar um complexo ativado.

A regra de Van’t Hoff afirma que a cada aumento de 10ºC na temperatura de uma reação química, a velocidade tende a duplicar.

c) Superfície de contato: Quanto maior a superfície de contato, maior o número de choques efetivos entre as partículas dos reagentes e, portanto, maior será a velocidade da reação.

d) Concentração: O aumento da concentração dos reagentes aumenta a velocidade da reação.

e) Catalisador: É uma substância que aumenta a velocidade de uma reação, permanecendo inalterado qualitativa e quantitativamente no final da reação.

Os catalisadores não alteram a variação de entalpia de uma reação, mas diminuem a energia de ativação dela. O abaixamento da energia de ativação é que determina o aumento da velocidade da reação.

Catálise homogênea: catalisador e reagentes constituem uma só fase (sistema homogêneo).

Catálise heterogênea: catalisador e reagentes constituem duas ou mais fases (sistema polifásico ou mistura heterogênea).

Inibidores: substâncias que tornam a reação mais lenta.

f) Pressão: Quanto maior a pressão num sistema gasoso, menor é o volume ocupado pelos reagentes e maior é a velocidade da reação.

g) Energia de ativação: É a energia mínima necessária para a formação de um complexo ativado e para que ocorra uma reação.

h) Enzima: É uma proteína que atua como catalisador em reações biológicas. Caracteriza-se pela sua ação específica e pela sua ação atividade catalítica. Apresenta uma temperatura ótima, geralmente ao redor de 37ºC, na qual tem o máximo de atividade qualitativa.

i) Estado nascente: Uma substância se acha no estado nascente quando está se formando no momento de reagir. Encontra-se pois, em forma de átomos e é mais reativa que sob forma de moléculas.

Materiais: tubos de ensaio, estante para tubos, bico de Bunsen, pinça de madeira.

Reagentes: Carbonato de cálcio em pó, carbono de cálcio em pedaços, ácido clorídrico diluído, ácido clorídrico concentrado, ácido sulfúrico diluído, alumínio, zinco, solução de cloreto de ferro III, solução de ferrocianeto de potássio, solução de permanganato de potássio, solução de ácido oxálico, solução de nitrato de prata, solução de sulfato de manganês.