Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Modelos Atômicos

Trabalho por Geisa Aparecida Franco Severino, estudante de Farmácia @ , Em 28/05/2005

5

Tamanho da fonte: a- A+

MODELOS ATÔMICOS


INTRODUÇÃO

Modelos atômicos - conjuntos de hipóteses sobre a estrutura e o comportamento do átomo.

A teoria atómica moderna começa com John Dalton ao observar, em 1803, que os elementos químicos ligam-se em proporções bem definidas e deste fato concluiu que o elemento químico é uma partícula maciça indivisível e electricamente neutra. Várias experiências, porém, sugeriam que a neutralidade da matéria poderia ser rompida. Por exemplo, a matéria podia ser electrizada por atrito. Em 1903, Joseph John Thomson sugeriu um modelo, o "pudim de ameixas de Thomson", em que o átomo era concebido como uma esfera de carga positiva (o pudim) dentro da qual encontravam-se pequenos núcleos de carga negativa (as ameixas). A carga eléctrica total do "pudim" era nula. Este modelo não resistiu às experiências. Em 1911, Ernesto Rutherford realizou um experimento que o levou a sugerir que o átomo de um elemento é constituído por cargas negativas, os eléctrons, que orbitam em torno de um núcleo positivamente carregado, um modelo similar ao Sistema Solar. Esse modelo, aperfeiçoado por Nicles Bohr, é conhecido como :modelo Rutherford-Bohr. Posteriormente, o modelo de Rutherford-Bohr foi substituído pela moderna teoria quântica do átomo, em que o eléctron ligado ao núcleo positivo é descrito por uma "nuvem" de probabilidade, o orbital.


ESTRUTURA ATÔMICA

OS PRIMEIROS MODELOS ATÔMICOS

1.1 Modelo Atômico de Dalton (John Dalton – 1803)

Foi somente em 1803 que o cientista inglês John Dalton, com base em inúmeras experiências, conseguiu provar cientificamente a ideia de átomo. Surgia então a teoria atômica clássica da matérias. Segundo essa teoria, quando olhamos, por exemplo, para um grãozinho de ferro, devemos imagina-l.o como sendo formado por um aglomerado de um número enorme de átomos. Os principais postulados da Teoria Atômica de Dalton são:

- Toda a matéria é composta de partículas fundamentais, os átomos;

- Os átomos são permanentes e indivisíveis, eles não podem ser criados e nem divididos;

- Os elementos são caracterizados por seus átomos. Todos os átomos de um dado elemento são idênticos em todos os aspectos. Átomos de diferentes elementos têm diferentes propriedades;

- As transformações químicas constituem em uma combinação, separação ou rearranjo de átomos;

- Compostos químicos são formados de dois ou mais elementos em uma razão fixa.

Com estes 5 itens Dalton conseguiu comprovar as seguintes observações:

  • A conservação de massa nas reações químicas e que as substâncias têm composição bem definida.
  • O átomo de Dalton teria uma forma esférica e maciça.

MODELO ATÔMICO DE THOMSON

1.2 Modelo Atômico de Thomson (J.J. Thonson – 1903)

Em 1903, o cientista inglês Joseph J. Thomson, baseado em experiências realizadas com gases e que mostraram que a matérias era formada por cargas eléctricas positivas e negativas, modificou o modelo atômico de Dalton. Segundo Thomson, o átomo seria uma esfera maciça e positiva com as cargas negativas distribuídas, ao acaso, na esfera. A quantidade de cargas positivas e negativas seriam iguais e dessa forma o átomo seria electricamente neutro. O modelo proposto por Thomson ficou conhecido como "pudim com passas".

Os principais postulados da Teoria Atômica de Dalton são:

- Esfera carregada positivamente em que alguns elétrons estão incrustados, e apontam que isto levaria á uma fácil remoção dos elétrons, o esquema sugerido por este modelo compara o átomo à um "pudim de ameixas".

Átomo de Thomson, semelhante a um pudim de ameixas.

MODELO ATÔMICO DE RUTHERFORD

1.3 Modelo Atômico de E. Rutherford ou Nuclear (E. Rutherford – 1911).

Em 1911, o cientista neozelandês Ernesto Rutherford, utilizando os fenómenos radiactivos no estudo da