Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Análise Sintática do Período Simples

Trabalho por Virgínia Del-Fri Ludviger Ingui, estudante de Diversos @ , Em 22/04/2003

5

Tamanho da fonte: a- A+

ANÁLISE SINTÁTICA DO PERÍODO SIMPLES 


Analisar sintaticamente é conhecer a composição do período e a função das palavras na oração.

O período simples é estruturado por apenas uma oração: a oração absoluta.

Elementos que podem aparecer na análise sintática da oração:

  • Sujeito (é o termo da oração do qual se faz uma declaração)


determinado
(claro ou oculto):

Eu fui ao teatro. (claro = vem expresso na oração)

Estivemos no estádio. (nós) (oculto = não vem expresso na oração, mas é facilmente determinado)


simples ou composto:

O Brasil é a nossa pátria. (simples = apresenta um só núcleo)

O Brasil e a Argentina são países amigos. (composto = apresenta dois ou mais núcleos)

indeterminado: (não está expresso na oração e não se pode ou não se quer identificar)

Derrubaram uma árvore na nossa rua. (verbo na 3a. pessoa do plural)

Roubaram um banco em pleno centro. ( " " " " " " )

Aspira-se a uma posição melhor. ( verbo na 3a. pessoa do singular, acompanhado do pronome se)

Dançava-se muito no nosso tempo. (verbo na 3a. pessoa do singular + pronome se)  

oração sem sujeito (sujeito inexistente = apenas expressa um fato que não é atribuído a nenhum ser)

Houve acontecimentos importantes ontem. (verbo haver no sentido de existir)

Houve poucas reprovações no curso de inglês. (verbo haver no sentido de existir)

Faz alguns anos que você não tira férias. (verbos ser, estar e fazer quando indicam tempo)

Era um dia chuvoso. (verbo ser, indicando tempo)

Ventava muito ontem à noite. (verbos anoitecer, chover, nevar, ventar e outros, que indicam fenômenos atmosféricos).

  • Predicado (é o termo da oração que declara alguma informação sobre o sujeito)

nominal (é aquele cujo núcleo é um substantivo, um adjetivo ou um pronome, ligado ao sujeito por um verbo de ligação)

Aquela criança é feliz.

A moça permanece sentada.

O livro é este.

As crianças parecem felizes.

O núcleo do predicado nominal chama-se predicativo do sujeito.


Principais verbos de ligação = ser, estar, ficar, parecer, permanecer, continuar, andar
.

verbal (é aquele que se constitui de verbo ou locução verbal)

Apanhou-o a polícia italiana.

O núcleo do predicado verbal é o verbo.

Verbos que aparecem no predicado verbal:

  • Verbo intransitivo – é aquele que não necessita de complemento.

O avião aterrissou.

Nosso amor renasceu.

  • Verbo transitivo – é aquele que necessita de complemento (objeto direto/ objeto indireto).

Pode ser:

  • direto: quando pede complemento sem auxílio de preposição (objeto direto):

Comprei várias roupas.

Ouvi uma bela música hoje.

  • indireto: quando pede complemento com auxílio de preposição (objeto indireto):

Gosto de samba-canção.

Ele precisa de você.

  • Verbo transitivo direto e indireto (ou bitransitivo) – é aquele que necessita ao mesmo tempo de complemento sem auxílio de preposição (objeto direto) e de complemento com auxílio de preposição (objeto indireto).

Demos uma simples colaboração a vocês.

Objeto direto O.I.

Trouxemos lindas flores para você.

O.D. O.I.

  • Predicativo:

do sujeito:

Nossas crianças são responsáveis.

Objeto:

direto (completa o sentido de um verbo transitivo direto)