Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Teoria Matemática da Administração

Trabalho por Marcos Vinicius Muniz, estudante de Administração @ , Em 19/11/2004

5

Tamanho da fonte: a- A+

Teoria Matemática da Administração


INTRODUÇÃO

A Teoria Matemática aplicada aos problemas administrativos é mais conhecida como Pesquisa Operacional. A Teoria Matemática põe ênfase no processo decisório e procura tratá-lo de modo lógico e racional, através de uma abordagem quantitativa. A Teoria Matemática trouxe enorme contribuição à Administração permitindo novas técnicas de planejamento e controle no emprego de recursos materiais, financeiros, humanos e, sobretudo, um formidável suporte na tomada de decisões, no sentido de aperfeiçoar a execução de trabalhos e diminuir os riscos envolvidos nos planos que afetam o futuro a curto ou longo prazo. A Teoria Matemática presta-se a aplicações de projetos e trabalhos baseando-se na total qualificação dos problemas administrativos, abordando-os do ponto de vista estatístico ou matemático, oferecendo técnicas de aplicação ao nível operacional situado na esfera de execução.


OBJETIVO DESTE TRABALHO

Temos como objetivo primordial neste trabalho analisar e descrever os processos que tratam da matemática acerca de sua utilização, influência e conseqüências nos processos administrativos que a envolvem e também entendermos para podermos realizar pesquisas de campo. Queremos com este trabalho proporcionar uma visão rápida da influencia de técnicas matemáticas sobre a Administração, principalmente sobre o processo decisorial. Mostrar também as potencialidades da aplicação de modelos matemáticos em Administração, introduzindo os conceitos preliminares de pesquisa operacional e suas variadas técnicas.


1. TEORIA MATEMÁTICA DA ADMINISTRAÇÃO

A TGA recebeu muitas contribuições da matemática sob a forma de modelos matemáticos para proporcionar soluções de problemas empresariais. Seja na área de recursos humanos, de produção, de comercialização, de finanças ou na própria área de administração geral. Boa parte das decisões administrativas pode ser tomada na base de soluções assentadas em equações matemáticas que simulam certas situações reais, que obedecem a determinadas leis ou regularidades.

A Teoria Matemática aplicada à solução dos problemas administrativos é conhecida como Pesquisa Operacional (PO). Muito embora a Teoria Matemática não seja propriamente uma escola bem definida, (como a Teoria Clássica ou Teoria das Relações Humanas), mas uma tendência muito ampla que encontramos em vários autores e estudiosos, cujo número de adeptos e defensores tem aumentado gradativamente, que enfatizam o processo decisório e procuram tratá-lo de modo lógico e racional, através de uma abordagem quantitativa, lógica e determinística. A maior ênfase da Teoria Matemática da Administração esta no processo decisório.

Origens da Teoria Matemática na Administração

A Teoria Matemática da Administração teve sua origem com os seguintes eventos:

  • O trabalho clássico sobre Teoria dos Jogos de Von Neumann e Morgenstern em (1947): posteriormente, Wald (1954) e Savage (1954) propiciaram enorme desenvolvimento para a teoria estatística da decisão, para o que também contribuíram especialmente os trabalhos de H. Raiffa e R. Schalaifer da Universidade de Harvard e de R. Howard da universidade de Stanford.
  • O estudo do processo decisório: por Herbert Simon e com o surgimento da Teoria das Decisões, os estudiosos da Administração começaram a ressaltar a importância mais da decisão do que da ação dentro da dinâmica organizacional. A tomada de decisão, tão importante para a teoria comportamental, passou a ser considerada um elemento de primeira importância no sucesso de qualquer sistema cooperativo.
  • A existência de decisões programáveis: Herbert Simon já definira as decisões qualitativas (não programáveis e somente passiveis de serem tomadas pelo homem ou programadas para a máquina). Apesar da complexidade do processo decisório e das variáveis envolvidas, algumas decisões podem ser qualificadas e representadas por modelos matemáticos.
  • O desenvolvimento dos computadores: Os computadores possibilitaram a aplicação e o desenvolvimento de técnicas matemáticas nestes tempos. Essa aplicação e desenvolvimento só se tornaram viáveis e possíveis de se executar graças ao computador, capaz de realizar em minutos, hoje em segundos, operações que precisariam de anos se feitos em máquinas de calculadoras convencionais.