Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Incubadoras de Empresas

Trabalho por Cristina Franco Roteia, estudante de Administração @ , Em 07/04/2004

5

Tamanho da fonte: a- A+

Incubadoras de Empresas


1 - Introdução

No final da década de 50, uma grande empresa de Nova Iorque fechou as portas deixando vazio um galpão de 80 mil metros quadrados e uma taxa de desemprego de 20% na região. Um empresário decidiu dividir o prédio em espaços para alugá-lo a diversas empresas, fornecendo um pequeno rol de serviços compartilhados. Dentre as primeiras empresas que se instalaram no prédio estava um aviário, que acabou conferindo ao prédio o apelido de "incubadora".

As pessoas associam a palavra incubadora à "chocadeira de pintinhos" ou a "local para bebês prematuros em hospital".

Incubadoras de Empresas são ambientes especialmente projetados para criar, fortalecer e desenvolver empreendimentos durante um prazo determinado de tempo. Normalmente as empresas ficam incubadas por dois anos no máximo.

Pode-se comparar a um pequeno shopping center que, ao invés de lojas, abriga micro e pequenas empresas industriais, de serviços, do agronegócio ou do comércio. De forma simplificada, assim podem ser visualizadas as incubadoras, empreendimentos que estimulam a criação e modernização de negócios.

Um galpão, uma antiga fábrica, um prédio municipal, uma escola ou um depósito pode ser reformado para oferecer às empresas inquilinas: espaço físico; infra-estrutura; recursos humanos e serviços especializados. Estes quatro produtos combinados garantem a existência da incubadora e o sucesso das empresas incubadas.

Uma incubadora de empresas é uma maneira encontrada pelos empreendedores, de se tentar diminuir o índice de mortalidade das MPE no Brasil que é altíssimo: mais da metade da micro, pequenas e médias empresas, (56%),  fecham as portas até o terceiro ano de vida, segundo dados do Sebrae.  Uma incubadora de empresas busca  oferecer as pequenas  empresas apoio estratégico durante os primeiros anos de existência.  

As primeiras incubadoras de empresas surgiram no Brasil na década de 80 e desde então, o  número de incubadoras vem crescendo sensivelmente.  Segundo dados do Anprotec -Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos de Tecnologia Avançada, existem hoje no Brasil cerca de 150 incubadoras espalhadas pelo Brasil, número que mal chegava a 10 em 1991.  Estima-se em cerca de 1.100 o número de empresas residentes nessas incubadoras, o que  representa a geração de cerca de 6.100 novos empregos. A maioria dessas incubadoras está vinculada a ambientes de universidades ou de institutos tecnológicos.

Evolução do Crescimento das Incubadoras no Brasil - 1998-2000

Fonte: ANPROTEC


2 - Explicando melhor uma Incubadora de Empresas

Uma incubadora  de empresa é um espaço físico especialmente configurado para transformar  idéias em produtos, processos ou serviços. Nela, durante um prazo determinado, o empreendedor pode desenvolver sua empresa com assistência técnica e gerencial.

Basicamente o objetivo de uma incubadora é reduzir a taxa de mortalidade das pequenas empresas.  Para isso, as incubadoras oferecem um ambiente flexível e encorajador onde são oferecidas uma série de facilidades para o surgimento e crescimento de novos empreendimentos  a um custo bem menor do que no mercado, na medida em que esses custos são rateados e as vezes subsidiados.  Outra razão para a maior chance de sucesso de empresas instaladas em uma incubadora, é que o processo de seleção  capta os melhores projetos e seleciona os empreendedores mais aptos, o que  naturalmente amplia as possibilidades de sucesso dessas empresas.  A finalidade do projeto é estimular a criação e o fortalecimento de empresas de base tecnológica ou  mesmo de setores convencionais. E, neste  ambiente apropriado, as empresas adquirem maior capacitação técnica  e gerencial, tornando-se mais competitivas no mercado  interno e externo.


3 - Como funciona o programa de Incubação de Empresas

Nas Empresas incubadoras, que são especializadas a incubar outras empresas (que serem Empresas Incubadas), os empreendimentos de base