Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Conclusão do Livro: Arte da Guerra

Trabalho por Lilian, estudante de Administração @ , Em 22/04/2003

5

Tamanho da fonte: a- A+

PREFACIO : LIVRO A ARTE DA GUERRA

O livro a Arte da Guerra é de importância vital para o administrador lançar seu produto no mercado, aperfeiçoar seus funcionários, saber lidar com a concorrência, vencer a mesma e saber competir, gerando assim bons resultados para a empresa.

" Os espiões são os elementos mais importantes de uma guerra, porque neles repousa a capacidade de movimentação de um exercito."

- As vezes é necessário que um administrador recorra a espionagem, para vigiar os passos das concorrências, pois eles vão ficar por dentro das informações que são coerentes para sua empresa, como por exemplo as intenções do adversário com o concorrente, com os clientes, seus planos, etc... Desde então as informações obtidas pelos espiões irá ser uma arma para sua empresa se antecipar do concorrente.  

" O mérito supremo consiste quebrar a resistência do inimigo sem lutar."

- O administrador ao lançar um produto novo no mercado, tem que ter a certeza que seu produto poderá superar o do concorrente, com isso ele poderá quebrar a resistência do mesmo e sair vitorioso.

Este livro mostra com clareza o que realmente leva um adversário a ser vitorioso, mostra também os erros cometidos por alguns administradores tentando faze-los corrigi-lo e evita-lo.

" Ainda mais importante acredito que A Arte da Guerra mostra com grande clareza como tomar a iniciativa e combater o inimigo : qualquer inimigo."

- A arte da guerra mostra como o administrador pode lançar seu produto no mercado, sabendo como criar estratégias para competir com a concorrência.

" Sun Tzu escreveu : se você se conhece e ao inimigo, não precisa temer o resultado de uma centena de combates."

- Um administrador para poder competir, tem que ter em primeiro lugar pleno conhecimento da sua empresa e também de seus concorrentes, pois dessa forma saberá como e com quem competir, podendo assim prevalecer sobre o concorrente.

Sun Tzu mostra o caminho para alcançar o objetivo esperado, desde que o administrador saiba sobre as regras, para sair vitorioso e líder sobre a concorrência.

" Se as ordens de comando não forem bastante claras, se não foram totalmente compreendidas, então a culpa é do general."

- Um administrador deve ser claro e objetivo ao delegar tarefas para seus subordinados, assim os mesmos se empenharão para que o trabalho saia como esperado, trazendo assim satisfação e resultados.

" Porem, se as ordens são claras e os soldados apesar disso, desobedecer, então a culpa é dos seus oficiais."

- Se o administrador, mesmo sendo claro e objetivo não for atendido por seus subordinados o problema passa a ser os mesmo, pois ele mesmo fazendo todo esforço para alcançar seu objetivo, ele não tem funcionários altamente qualificados para a função, sendo assim ele deve optar em dar uma 2º chance ao mesmo, se acaso nem isso for possível, a troca de seu subordinado seria a opção mais viável.

Um administrador sempre deve dar uma 2º chance para seus funcionarios, para que assim possam reconhecer seus erros e não comete-lo novamente.


CAPITULO I - PREPARAÇÃO DOS PLANOS

" A arte da guerra é governada por 5 fatores, que devem ser levados em conta. São : a Lei moral; o Céu; a Terra; o Chefe; o Método e a Disciplina."

- Para administrarmos com plenitude devemos levar em conta alguns valores como :

Lei Moral : É a