Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento

Trabalho por Anônimo, estudante de Rel. Internacionais @ , Em 22/04/2003

5

Tamanho da fonte: a- A+

B I R D
Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento

Rio de Janeiro

1999


Introdução: O Banco Internacional para a Reconstrução e o Desenvolvimento, também denominado Banco Mundial ou "World Bank", foi fundado em 1945 na Conferência Monetária e Financeira das Nações Unidas que se reuniu em Breton Woods e a sua 1ª sessão foi em 1946, em Savannah (Georgia, EUA), junto com a do FMI. Sua sede localiza-se em Washington- DC.

Princípio Básico: Reduzir a pobreza e elevar os padrões de vida de todos os seus países-membros (nenhum país pode crescer economicamente nem diminuir a sua pobreza enquanto o seu povo não puder ler e escrever).

Principais Propósitos (Objetivos):

  • Investir nas pessoas, particularmente na educação e saúde
  • Proteger o desenvolvimento
  • Estimular o desenvolvimento do setor privado
  • Fortalecer os governos para que prestem serviços de qualidade, eficientemente e com transparência
  • Promover reformas para criar um desenvolvimento macroeconômico estável e planejado a longo prazo.

Estrutura: O BIRD é composto por 180 membros que correspondem a um representante de cada país associado, que se reúnem anualmente. Possui um conselho de administração formado por representantes de 20 países, sendo 5 designados pelos Estados com maior participação acionária e 15 eleitos pelos demais membros da Organização. O Presidente do BIRD é eleito pelo Conselho de Administração e responsável pela direção dos negócios.

Conta com 4 Instituições que o auxiliam nos seus objetivos:

  • A Associação de Desenvolvimento Internacional (The International Development Association) Fundada em 1960, tem 159 membros. Providencia empréstimos sem juros para os países mais pobres. A ADI depende de contribuições dos seus associados mais ricos, inclusive alguns em desenvolvimento (cerca de 40 países) para angariar os seus fundos que são reaprovisionados a cada três anos.
  • O Sisíema Financeiro Internacional (The International Finance Corporation) Este õrgão foi fundado em 1956, tem 172 membros e suas principais funções são: promover o crescimento e o desenvolvimento dos países através do apoio ao setor privado em colaboração com outros investidores, através de empréstimos ou "equity financing". Funciona praticamente como uma Instituição privada e não aceita garantias governamentais para os seus financiamentos.
  • A Agência de Garantia de Investimento Multilateral (The Multilateral Investment Guarantee Agency) Fundada em 1988, tem 141 associados. Sua função principal é promover o fluxo de investimentos estrangeiros nos países-membros providenciando garantias para os investidores contra perdas políticas nos investimentos. Também providencia serviços de divulgação para ajudar os governos a atraírem investimentos privados e divulga oportunidades de investimento nos países em desenvolvimento.
  • Centro Internacional para a Resolução de Disputas de Investimentos (The International Center for Settlement of Investment Disputes) Fundado em 1966, tem 127 membros e tem como função a ajuda na solução de disputas que envolvam investimentos internacionais através de conciliação e arbitragem entre os investidores estrangeiros e os países que receberam os investimentos.

Todos os membros do BIRD podem ser membros das outras Instituições. Para serem membros do BIRD necessitam ser membros do FMI. Os diretores também são os mesmos (FMI-BIRD). O G-7 ( Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Inglaterra e EUA) possui cerca de 45% das ações do Banco Mundial. Os EUA detém a maioria, 17% o que lhes dá direito a veto. São necessários 85% dos votos para se efetuar qualquer mudança no capital social e nos "Article of Agreements". As outras decisões são tomadas pela maioria dos membros.

Os Diretores Executivos, que representam os membros do Banco vivem na sede do mesmo em Washington. As decisões são tomadas por eles, depois de ouvidos todos os representantes dos países-membros. O "Board" tem por hábito chegar às decisões através do consenso e não por Votação.