Fazer pesquisa em uma ou mais carreiras específicas:

Administração Agronomia Arquitetura Arquivologia Arte Astronomia Biblioteconomia Biologia
Bioquímica Cinema Ciências Sociais Colegial Comunicação Contabilidade Desenho Industrial Direito
Diversos Economia Educação Física Enfermagem Engenharia Estatística Farmácia Filosofia
Fisioterapia Fonoaudiologia Geografia História Hotelaria Informática Letras Marketing
Medicina Nutrição Odontologia Pedagogia Produção Cultural Psicologia Química Rel. Internacionais
Secretariado Executivo Serviço Social Terapia Ocupacional Turismo Veterinária Zootecnia


Compartilhe

Tag Cloud

Brasil Colonial

Trabalho por Diego Desani da Silva, estudante de História @ , Em 21/06/2003

5

Tamanho da fonte: a- A+

Brasil Sociedade Colonial


Resumo Comentado

O que é uma Sociedade ???

Poderemos encontrar algumas definições de sociedade, em um dicionário, em um livro de história ou em livros de política. A palavra Sociedade está definida no dicionário como: s. f. Estado dos homens que vivem sob leis comuns; lugar onde se reúne os membros de qualquer agremiação; camada social. Em um livro de história por exemplo você pode achar que sociedade, é o conjunto de pessoas que vivem em um determinado lugar ou região e se relacionam de diversas maneiras. Este último explica melhor o conceito que vou adotar para esse trabalho. Será que eu faço parte da sociedade ? Nós – eu, você, seu pai, etc. - fazemos parte da sociedade brasileira, onde temos um território, temos leis, governantes, enfim. Faremos agora, um resgate à nossa história para saber da origem e como era a nossa sociedade. Será que nós mudamos muito ? O que temos em comum e o que ganhamos deles ?


Formação do Povo

Miscigenação e racismo no Brasil

Participaram da formação do povo brasileiro três elementos étnico (grupo populacional com características físicas e culturais semelhante), o índio, o negro e o branco.

Durante a colonização, as miscigenações entre essas matrizes étnicas (índio, negro e o branco) deram origem a três tipos de mestiços:

  • Mulato – mestiço do negro com o branco;
  • Caboclo – mestiço de índio com o branco;
  • Cafuzo – mestiço do índio com o negro.

O mito da democracia

Será que somos racistas ?:Muito, mas demoramos para perceber. Durante bastante tempo, acreditou- se que o brasil era uma democracia racial. Cronistas do século 19 chegaram a dizer que a escravidão por aqui era mais brando que do que o trabalho assalariado na Inglaterra. Da mesma forma, o índio brasileiro não teriam sidos conquistados nem derrotado, mas sim "incorporado" à nação. A idéia ganhou forças quando nos anos 30 inspirada pela obra do sociólogo Gilberto Freyre, para que não havia no Brasil distinções rígidas entre branco e negros e a discriminação era social, feita aos pobres.

"De onde será que esse cara tirou isso ? Isso porquê ele é sociólogo, imagine se não fosse"

O mito começou a cair a partir da final da década de 60, quando se descobriu que no Brasil não só tinha preconceito em relação aos pobres - " o que já é horrível" - como a discriminação era especialmente dirigida a negros, pardos e índios. Os dados sociais mais recentes mostram a força das discriminações raciais no Brasil.

Brasil dividido

Negros e Pardos

Brancos

Porcentagem da população

46%

54%

Renda per capita média

205 reais

482 reais

Taxa de analfabetismo

18%

8%

Média de anos de estudo

4,7

6,7

Status de emprego em relação aos países:
Ascendente